Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Saiu na Mídia

‘A cota é um elemento forte de justiça’, diz ex-ministro Renato Janine

por Redação 31 de julho de 2017

Após 10 anos de implementação, as cotas sociais e étnico-raciais foram aprovadas na USP (Universidade de São Paulo) e na Unicamp (Universidade Estadual de Campinas). Na avaliação do filósofo e ex-ministro da Educação Renato Janine Ribeiro, a medida é um elemento de justiça que corrige um erro histórico do Brasil.

Janine observa que a verdadeira meritocracia deve igualar não apenas o ponto de chegada, mas também o ponto de partida. “Esse é o problema do Brasil: se confunde o verdadeiro mérito com o falso mérito. Se os cotistas hoje contam com uma nota de corte menor em um vestibular, é porque eles precisaram de mais garra e mais mérito que os não cotistas para alcançar um resultado. As pessoas têm de levar em consideração que estão lidando com alunos que foram tratados de forma desigual pela sociedade”, afirmou.

 

Leia a matéria original em UOL