Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Blog

Aulas digitais para personalizar o ensino público; assista vídeo com Rafael Parente

Rafael Parente, subsecretário de novas tecnologias educacionais da SME Rio, acredita que ferramentas atendam diferentes habilidades de alunos

por Redação 26 de outubro de 2012

Salas de aula onde um professor com 30 alunos passa o conteúdo da mesma forma para cada um deles podem estar com os dias contados. Entre as grandes tendências da educação mundial está o chamado ensino personalizado, onde cada aluno aprende no seu ritmo e do seu jeito. Para Rafael Parente, subsecretário de novas tecnologias educacionais da SME do Rio Janeiro, as aulas digitais são a única forma de personalizar o ensino. O gestor falou sobre o tema durante a Série de Diálogos o Futuro se Aprende sobre Tecnologias na Educação, promovida pelo Inspirare, Porvir e pela Fundação Telefônica Vivo.

De acordo com Parente, as aulas digitais ajudam a despertar encantamento, interesse e motivação de professores e, principalmente, dos alunos: “Sem motivação, não há processo de aprendizagem. É também urgente repensar e recriar discursos, metáforas e pedagogia da alma brasileira”, disse.

Desde o ano passado, estudantes e educadores de todas as séries do ensino fundamental da cidade do Rio de Janeiro estão usando a plataforma on-line Educopédia. Entre as atividades estão vídeos, animações, podcasts, imagens, textos, games, que podem ser acessados conforme o ano escolar e o tema a ser trabalhado.

Veja a palestra do gestor:

 

Leia também:
Aulas digitais
On-line

TAGS

série de diálogos

  • Pingback: O que as novas tecnologias podem trazer para a educação em 2013 | Portal Aprendiz()

  • Pingback: Novas competências? Que competências? | PORVIR()

  • Pingback: Novas competências para a educação em debate | Portal Aprendiz()

  • Fatima Lucia Braga

    Pedagogia essencialmente brasileira e desenvolver sonhos nos alunos é o que a Educação precisa.Parabéns Rafael parente!

  • Maria Elaine de Carvalho Castro

    Já ouvi sobre a EDUCOPÉDIA duas vezes e é gostoso o Rafael Parente falando.
    Trabalhei em sala de aula como professôra em nível primario(antigo) e nas Universidades. Tem sido difícil o clima em sala de aula não só pela disciplina, mas porque os alunos já ficam o tempo todo nos seus PCs e a atenção à aula que é necessária ao ensino tradicional, fica comprometida.
    Portanto, essa Pedagogia de alma nova, ou Brasileira já ganha em interesse/motivação.
    Pensando sobre a EDUCOPÉDIA, por ela ter seu pilar “personalizado”, já ganha em diferença da Educ. tradicional. O “Mapa de Competências”, para mim que sou Psicóloga, ganha grande espaço em qualidade, se de fato puder motivar o educando a buscar melhorar seus pontos fracos. Percebo neste momento uma espécie que competição “positiva”, como no atletismo, para não ficar para trás.
    Fico encantada com toda essa forma nova de dinamizar a educação, que tem muito para revolucionar o que ha tanto tempo necessita de transformação.
    Boto fé e torço pela nova Pedagogia brasileira por meio da Educopédia.
    Abraços.

  • Katia Machado

    Olá! Gostaria de saber se essa pedagogia que Rafael Parente está implantando no RJ tem como base a Pedagogia “Reggio Emilia”. Sou Educadora na Austrália e tento implementar a Pedagogia “Reggio Emilia” onde trabalho. Se for, teria alguma grupo de discussão aberto na internet envolvendo esse trabalho? Seria bom poder trocar idéias com pessoas que já passaram por isso. Obrigada.
    Aproveito para Parabenizar o projeto na Escola da Rocinha!!! Muito bom!!!

  • Pingback: Documentário nacional retrata autonomia na educação | PORVIR()

  • Pingback: Documentário retrata autonomia na educação | Núcleo de Ensino + Economia Criativa()