Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Saiu na Mídia

Comunidade de aprendizagem no DF terá metodologia inovadora

por Redação 6 de fevereiro de 2018

A Comunidade de Aprendizagem do Paranoá, que começará este ano a atender 560 crianças em Brasília (DF), vai adotar a metodologia em que o aprendizado acontece por meio de projetos, sem aplicação de provas e com a participação da comunidade. A inspiração para a escola do Paranoá veio de outros projetos já existentes, como a Escola da Ponte, em Portugal, e o Projeto Âncora, em Cotia (SP). O pedagogo português José Pacheco, que encabeçou a criação da Escola da Ponte, participou do processo de formação da Comunidade de Aprendizagem do Paranoá.

A escola pública vai deixar de lado a divisão por salas e cadeiras enfileiradas. A ideia é que os estudantes proponham temas e os desenvolvam por meio de projetos, oficinas e roteiros de estudo. A escola se organiza em dois núcleos de aprendizagem: iniciação e desenvolvimento. Todos os alunos entram no núcleo de iniciação, onde são trabalhados aspectos sociais, emocionais, lógicos e linguísticos. Para passar para o núcleo de desenvolvimento, o aluno precisa adquirir atitudes, valores e autonomia, além do aprendizado. Não haverá medição do aprendizado por meio de provas, e a avaliação será feita de maneira contínua, processual e cumulativa.

Leia a matéria original em Agência Brasil

TAGS

aprendizagem baseada em projetos, autonomia, competências para o século 21, escolas inovadoras