Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

crédito Educação para a Vida e para o Trabalho

Inovações em Educação

Conheça as competências para o século 21

Pesquisa americana releva as habilidades que precisam ser desenvolvidas nas crianças e jovens durante sua formação

por Patrícia Gomes 14 de agosto de 2012

As tecnologias estão cada vez mais presentes em sala de aula, o professor tem que se preocupar em preparar o aluno para ser atuante em um mundo em transformação e ajudá-lo a desenvolver as tão faladas competências específicas para o século 21, certo? Tudo certo, exceto pelo fato que ninguém sabe exatamente que competências são essas – o que é bem desesperador para pais, professores e gestores públicos, que não têm o embasamento necessário para definir o que podem oferecer para que suas crianças e jovens tenham acesso à melhor formação possível.

Intrigado com essa questão, um grupo de fundações pediu que o National Research Council, uma organização norte-americana que faz pesquisas sobre temas importantes da sociedade para ajudar governos a desenharem políticas públicas, reunisse especialistas para definir quais são essas competências. Durante um ano, um comitê formado por educadores, psicólogos e economistas fez pesquisas sobre o que se espera que os estudantes alcancem nos seus ciclos escolares, nos seus futuros trabalhos e em outros aspectos da vida. O resultado, publicado no fim de julho no livro digital “Educação para a Vida e para o Trabalho: Desenvolvendo Transferência de Conhecimento e Habilidades do Século 21“, tenta dar nomes aos bois e ajudar professores e gestores públicos a prepararem os estudantes para o século 21. O download é gratuito.

De acordo com o estudo, o aprendizado que tanto se procura está relacionado à capacidade de aplicar o que se aprendeu em situações novas, o que os estudiosos chamaram de “transferência de conhecimento”. Isso significa, exemplificam os autores, que não basta o aluno aprender os conceitos matemáticos de média, moda e mediana, ele precisa conseguir usar o que aprendeu na sua vida. Essa habilidade de transferir o que se sabe, seja em circunstâncias da vida real, seja dividindo conhecimento com outras pessoas, ajuda os estudantes a desenvolverem as competências para o século 21.

Tais competências foram divididas em três grandes domínios. O primeiro deles é o cognitivo, que é aquele que envolve estratégias e processos de aprendizado, criatividade, memória, pensamento crítico; é o que está relacionado à aprendizagem mais tradicional. Segundo os autores, essa é a dimensão em que se tem uma oferta mais farta de pesquisas e, por isso, há claras evidências de que o bom desempenho nessa área traz bons resultados posteriores na vida do aluno.

Os outros dois domínios, muito menos estudados, são o intrapessoal e o interpessoal. O intrapessoal tem relação com a capacidade de lidar com emoções e moldar comportamentos para atingir objetivos. Já o interpessoal envolve a habilidade de expressar ideias, interpretar e responder aos estímulos de outras pessoas.

Os três domínios, no entanto, não são estanques. Existe uma interseção entre eles que envolve habilidades que podem estar em mais de um domínio, conforme imagem a seguir (clique para uma melhor visualização).

Crédito: Educação para a vida e para o trabalhoHabilidade do século 21/ crédito Educação para a vida e para o trabalho

Apesar da falta de pesquisas que ajudem a embasar as conclusões, sobretudo nos campos inter e intrapessoais, os especialistas apontaram que características relacionadas à consciência crítica, como ser organizado, responsável e dedicado ao trabalho, trazem resultados desejáveis na educação. Por outro lado, o comportamento antissocial acarreta resultados negativos.

Diante desse contexto, os pesquisadores alertaram para dois grandes desafios que deverão ser enfrentados. O primeiro deles diz respeito à falta de pesquisas, que atrapalha a criação de currículos e avaliações dos alunos. O segundo, que depende de novas abordagens no sistema educacional e políticas públicas específicas, é a oferta de capacitação de professores para que eles sejam capazes de criar ambientes favoráveis à troca de conhecimento.

Apesar de ainda serem necessários alguns estudos para pavimentar esse caminho, os pesquisadores dão seis dicas de atuação em sala de aula para que professores possam preparar o aluno para o século 21 – que começou há 12 anos.

1)   Procure usar representações variadas, como diagramas, representações numéricas e matemáticas, simulações;

2)   Encoraje uma postura questionadora e proporcione momentos em que os alunos possam expor o que sabem;

3)   Incentive os alunos a participarem de desafios; neste processo, seja um facilitador, dê feedback e os faça compreender seus próprios processos de aprendizagem;

4)   Ensine dando exemplos, citando casos; use, por exemplo, modelos de passo a passo explicando cada etapa;

5)   Prime pela motivação dos alunos, escolhendo temas que se conectem com suas paixões; incentive-os a resolver problemas, preste atenção na evolução de seus conhecimentos, muito mais que em suas notas;

6)   Use avaliações formativas em que o aluno é monitorado continuamente.

 

TAGS

competências para o século 21

  • Pingback: Conheça as competências para o século 21 « Catraca Livre – São Paulo Grátis()

  • ADENAIR FERREIRA DE JESUS

    espero que esses estudos vemham somar para a educação pois sou estudante e observo muitos professores preocupados em passar o conteúdo. Porem deviam estar engajados em transmitir conhecimento e acompanhar o densenvovimento do aluno

  • ADENAIR FERREIRA DE JESUS

    espero que esses estudos vemham somar para a educação pois sou estudante e observo muitos professores preocupados em passar o conteúdo. Porem deviam estar engajados em transmitir conhecimento e acompanhar o densenvovimento do aluno.

  • Rita Sampaio

    Por um acaso existe o livro em português para download gratuito?

    Aguardo retorno.

    Grata

  • Pingback: Competências para o século 21 | Eiclik()

  • Interessante… Minha tese de Pós Graduação em andamento, a ser concluída nesse segundo semestre de 2012, trata de assuntos pertinentes a questões como “Quais são as Competências Necessárias a serem Desenvolvidas nos Alunos para que estejam aptos a encararem o mercado de trabalho do século XXI! Minha especialização é em Educação Digital, e percebo que a educação de um modo geral parece ignorar assuntos relacionado a negócios, e com isso peca e gravemente, pois para se ter uma visão ampla de educação temos que ter visão do todo, do mundo em geral, como anda a sociedade, transformações a nível de negócios e etc… No início haviam professores que diz\iam que eu estava indo para um outro lado e que deveria me concentrar mais na Pedagogia e seus autores clássicos, mas finalmente consegui uma orientadora maravilhosa, muito competente e visionária, a qual me estimula e me auxilia. Acredito q

  • Interessante… Minha tese de Pós Graduação em andamento, a ser concluída nesse segundo semestre de 2012, trata de assuntos pertinentes a questões como “Quais são as Competências Necessárias a serem Desenvolvidas nos Alunos para que estejam aptos a encararem o mercado de trabalho do século XXI! Minha especialização é em Educação Digital, e percebo que a educação de um modo geral parece ignorar assuntos relacionado s a negócios, marketing e com isso peca e gravemente, pois para se ter uma visão ampla de educação temos que ter visão do todo, do mundo em geral, como anda a sociedade, transformações a nível de negócios e etc… No início haviam professores que diziam que eu estava indo para um outro lado e que deveria me concentrar mais na Pedagogia e seus autores clássicos, mas finalmente consegui uma orientadora maravilhosa, muito competente e visionária. Há fontes seguras e bem interessantes que ainda não foram traduzidas para o português e que realmente vale a pena. Pois, a mim me parece que o Brasil se continuar no molde ainda da Rev. Industrial, aumentará ainda mais o hiato entre educação e competências para uma economia digital. Estou a disposição se for útil em algo! Abraços.

  • Pingback: Competências para o seculo 21 segundo a Organização Social PORVIR… « Educação Digital()

  • Pingback: Educação Digital()

  • sonia regina giusti

    A matéria é objetiva, destacando pontos relevantes para melhoria de nossa atuação como professores.
    Gostei mesmo.

  • Pingback: Quais serão as tais competências para o século 21? « eduetic()

  • Osvaldo Pacheco da Silva Filho

    È facil encontrar por aí um montão de fórmulas educacionais que nivelam todos os estudantes!!! O difícil é moldar a personalidade, caráter, ambições e desejos de cada um para cumprir seu papel no mercado de trabalho fazendo com que se saiam bem e gratificados por sí próprios e pela empresa em que trabalharão.
    Os estudantes que saem de um meio familiar bem resolvidos, com o apoio dos pais por uma educação familiar exemplar e estimulante, serão aqueles que adquirirão as melhores competências nas faculdades e futuramente em seus empregos, por estarem com as mentes mais abertas, tranquilas e receptivas ao mundo da informação. Aqueles que saem de suas casas com uma bagagem de problemas pessoais, familiares e enfim psicológicos, com certeza terão maiores dificuldade de assimilarem e se adequarem ao que se exige de um estudante exemplar e peloo mundo empresarial moderno… Uma boa faculdade ou um bom curso deveria trabalhar de maneira pessoal a personalidade e o caráter de cada aluno em vez de nivelarem a todos com bombardeio de informações. Mas se assim for, muitas informações e conteúdo passada para alunos, terão para aqueles assim “problemáticos”, um acolhimento superficial, pouco penetrável no universo psicológico e intelectual, e estes tenderão futuramente a manipular o aprendizado e as informações e consequentemente o seu futuro trabalho, pelos seus próprios principios e não pela competência de umaprendizado equilibrado. Portanto penso que qualquer curso deveria primeiramente avaliar o aspecto psicológico de cada participante, trabalhar o seu lado “humano”, para depois sim adequá-lo em suas competências para mercado de trabalho com muito mais receptividade. Se não não veríamos como acontece atualmente um grande desperdício de energia e dinheiro por parte de universidades, preparando alunos que não integrados ao mercado por falta de competencia (das universidades e instituições), terminarão por se integrarem ao mercado informal ou de serviços (trailers de cachorro-quente, pequenas franquias, vendedores ambulantes, etc), frustrados por não terem tido em toda suas tragetórias de estudantes alguém que prestasse atenção em suas necessidades individuais de aprendizado. As universidades e cursos tinham que repensar toda as teorias de ensino e prática de aprendizado para adequá-las aos alunos enquanto seres humanos e não às estatísticas de número de diplomados jogados ao mercado de trabalho!!! Mas também sei que é muito complicado para as univesidades (mas não impossível) corrigir detalhes de percurso que vem do berço, passando por um ensino fundamental e médio deficiente por só se preocupares também com estatísticas!!!

  • Edvanice Correia de Souza

    Muito bom o material.
    Parabéns!

  • sergio

    Muito obrigado. Excelente trabalho.

  • José Alves de Oliveira Filho

    Excelente matéria! esclarecedora e muito direta, Parabéns! Infelizmente a Educação no Brasil não vai bem das pernas…Um país sem “cultura” é um país sem “educação” e por aí vai… Sofremos de varios males que se arrastam desde o Brasil colônia. O que resta é ter fé e acreditar que nossos jovens e futuros governantes consigam adquirir pelo menos um pouco do que se projeta agora para a solidez do amanhã!

  • Pingback: Novas competências? Que competências? | PORVIR()

  • Cleonice gonçalves de Souza

    No século 21 a Construção do conhecimento é outro, portanto é viável que mude o currículo.

  • mirtes serrato

    Muito boa a reportagem!!!! Sou professora!!!!

  • Pingback: Conheça as competências para o século 21 | Catraca Livre – São Paulo Grátis()

  • lidia maria pstana crispim

    Muito bom o texto .De maneira objetiva nos mostra os pontos fundamentais para pensarmos o que fazer para planejarmos uma escola diferente,atrativa e significativa para os nossos alunos. Lidia/diretora da E.E República do Panamá.

  • Pingback: Educação integral na empresa: razões e desafios | PORVIR()

  • Pingback: 4 dicas para inovar na sala de aula()

  • Pingback: 4 práticas que levam alunos a aprender com alegria()

  • Pingback: 4 práticas que levam alunos a aprender com alegria | SINPRO-DF()

  • Pingback: 4 práticas que levam alunos a aprender com alegria | Portal PEGAAULA()

  • Pingback: Práticas que levam alunos a aprender com alegria | TOPICT Learning()

  • Pingback: Especialista indica 10 filmes para estimular empatia | PORVIR()

  • Pingback: 4 práticas que levam alunos a aprender com alegria | PORVIR()

  • Pingback: Contexto: as transformações na Educação (parte 1) | Boas novas: educar com tecnologia()

  • CRÍSLEI

    Muito boas dicas para os professores. Eles encontram-se desmotivados para estimular as crianças a pensar. Muitos só fazem o necessário para as notas de sua matéria específica e nem conseguem observar como é importante fazer um link com as demais matérias. Obrigada.

  • I love your blog.. very nice colors & theme. Did you design
    this website yourself or did you hire someone to do it for you?
    Plz answer back as I’m looking to create my own blog and would like to find out where u got this
    from. cheers

  • Pingback: Conheça as competências para o s&e...()

  • Nelson Ricardo Correia

    eu vejo que e muito importante preparar os alunos e as pessoas para uma missão de instruir para a vida toda o comportamento pois vai valer pra vida toda e fazer parte do dia a dia os conceitos intra pessoal e inter pessoal e muito importante para o seculo que vive com certeza teremos melhores resultados na sociedade e na mentalidade humana

  • Pingback: 4 dicas para inovar na sala de aula - Blog do QMágico()

  • Pingback: MATRÍCULAS ABERTAS |()

  • Pingback: Google()

  • Pingback: Google()

  • Pingback: Doctor()

  • Pingback: thread()

  • Pingback: BSM100GD120DLC()

  • Pingback: best android box()

  • Pingback: Concerts in London()

  • Pingback: life insurance lawyer()

  • Pingback: Wicked tickets()

  • Pingback: how to make money on the internet()

  • Pingback: tampa bay magazine()

  • Pingback: افلام رعب()

  • Pingback: best small flashlight()

  • Pingback: online mastercard and visa card buy in online()

  • Pingback: satta matka()

  • Pingback: Fenster und Turen()

  • Pingback: pure kona coffee()

  • Pingback: Lawyers()

  • Pingback: cours de guitare()

  • Pingback: pittsburgh web design()

  • Pingback: gourmet hawaiian coffee()

  • Pingback: gourmet hawaiian coffee()

  • Pingback: gourmet hawaiian coffee()

  • Pingback: gourmet hawaiian coffee()

  • Pingback: chrome paint uk()

  • Pingback: whole bean coffee()

  • Pingback: make a app()

  • Pingback: Home Security()

  • Pingback: scandals()

  • Pingback: Home Surveillance()

  • Pingback: education()

  • Pingback: poweful taweez for love()

  • Pingback: http://www.hamefanim.co.il/()

  • Pingback: information()

  • Pingback: site()

  • Pingback: Sexy buttons()

  • Pingback: how to work from home()

  • Pingback: Sexy Booty Shorts()

  • Pingback: WALLPAPERONFREE.COM()

  • Pingback: TRAININGPAINTLESSDENTREPAIR.COM()

  • Pingback: ski resorts()

  • Pingback: real work from home jobs()

  • Pingback: Gatineau()

  • Pingback: регистрация предприятия в киеве()

  • Pingback: robert()

  • Pingback: funny pictures()

  • Pingback: funny pictures()

  • Pingback: black magic()

  • Pingback: 注管理システム()

  • Pingback: home decor()

  • Pingback: kala jadoo()

  • Pingback: skin beauty()

  • Pingback: satta matka()