Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: bramgino / Fotolia.com

Inovações em Educação

Iniciativa oferece R$ 1,5 milhão para negócios sociais, aceleradoras e incubadoras

Empreendedores de educação têm a chance de levantar até R$ 250 mil para melhorar seus produtos e serviços

por Redação 26 de maio de 2017

Negócios de impacto social, aceleradoras e incubadoras que estão em busca de financiamento para ampliar seu alcance e melhorar seus serviços têm até o próximo dia 31 de maio para participar de uma chamada promovida pelo ICE (Instituto de Cidadania Empresarial) em parceria com o BID (Banco Interamericano de Desenvolvimento).

A iniciativa dispõe de R$ 1,5 milhão, dos quais até R$ 1,275 milhão vai ser distribuído entre até oito negócios de impacto em estágio inicial que, entre outras áreas, podem atuar em educação. Os R$ 225 mil restantes serão divididos entre as incubadoras e aceleradoras que apoiam esses negócios de impacto selecionados. Para os negócios de impacto, o dinheiro chega em formato de empréstimo, de R$ 150 mil a R$ 250 mil. O montante para as aceleradoras e incubadoras não é reembolsável e serve como remuneração pela preparação e apresentação dos negócios de impacto.

Começando na área? Veja ferramentas e dicas para o empreendedor em educação

Critérios

O ICE e o BID consideram elegíveis aceleradoras e incubadoras com sede no Brasil que estão em operação há pelo menos dois anos, contados a partir da data de encerramento das inscrições. Essas instituições precisam ter, dentre outros requisitos, incubado ou acelerado pelo menos quatro negócios de impacto, que devem ter sido acompanhados regularmente e contar um indicadores financeiros devidamente estruturados.

Por sua vez, os negócios de impacto devem comprovar o compromisso com o desenvolvimento de produtos ou serviços que contribuam para melhorar a vida de populações vulneráveis. As empresas precisam ter em mãos indicadores de resultados sociais e ambientais, sem deixar de lado o monitoramento financeiro de suas atividades.

Inscrições

As inscrições estão abertas até 23h59 do dia 31 de maio, exclusivamente via internet pelo site www.chamadaicebid.org.br. Cada aceleradora e incubadora pode apresentar até sete negócios de impacto de seu portfólio. Caberá aos negócios de impacto apresentados pelas aceleradoras ou incubadoras fornecerem as informações pertinentes em formulário específico. É vedada a inscrição de um negócio de impacto isoladamente ou de uma aceleradora e incubadora que não apresente negócios de impacto de seu portfólio. ICE e BID esclarecem ainda que poderá ser selecionado mais de um negócio de impacto por aceleradora e incubadora.

O anúncio dos finalistas deve ocorrer até o dia 31 de julho. Na ocasião, empreendedores devem apresentar um pitch de seus negócios para um comitê que indicará os negócios selecionados.

TAGS

empreendedorismo, equidade, negócios de impacto social