Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: dvoevnore / Fotolia.com

Inovações em Educação

Laboratório de inovação quer criar rede de educadores makers

Programa oferece experiências mão na massa e um programa de formação de um ano para professores de todas as disciplinas

por Redação 8 de dezembro de 2015

O laboratório de inovação LAB Educação, que experimenta e impulsiona novos modelos pedagógicos, está em busca de professores inovadores para construir uma rede que ajuda a disseminar a cultura do aprendizado mão na massa dentro e fora das escolas. Até o dia 17 de dezembro(*), educadores da rede pública e privada podem se inscrever para participar da Rede LAB Makers 2016.

Iniciada em agosto deste ano, com a realização de um workshop de fabricação digital ministrado pelo professor Paulo Blikstein, da Universidade de Stanford, a Rede LAB Makers já conta com a participação de quase 20 educadores. Para o próximo ano, a proposta é expandir a atuação e oferecer um programa de formação em educação maker.

Durante um ano, os educadores selecionados irão participar de uma jornada de aprendizagem que inclui encontros presenciais, leituras e atividades mão na massa. Dentro do programa de formação estão previstas atividades de fabricação digital aplicada à educação, experimentação de tecnologias maker, integração de práticas ao currículo escolar e estratégias de avaliação.

Os professores ainda poderão participar de programas de mestrado e visitar iniciativas inovadoras de educação no Brasil e no mundo. Em setembro deste ano, por exemplo, o LAB Educação patrocinou a ida de três educadores à Universidade de Stanford, onde tiveram trabalhos aprovados pelo comitê da conferência de fabricação digital FabLearn.

Para participar, podem se inscrever professores de todas as disciplinas da educação básica, desde que tenham um perfil questionador, investigativo, curioso e inquieto. Eles também devem ter disponibilidade para participar de encontros presenciais, que irão acontecer em São Paulo. Também é recomendado que os educadores possam separar cinco horas mensais para se dedicar à leituras e atividades online.

A seleção será realizada em duas etapas. Na primeira fase, os professores preenchem um formulário online com perguntas que refletem sobre suas experiências e inquietações em relação à educação. Os candidatos selecionados nesta etapa serão convocados para uma dinâmica e entrevista individual, que deve acontecer entre os dias 14 e 18 de dezembro e 11 e 15 de janeiro, respectivamente.

As inscrições podem ser realizadas pelo site http://www.labeducacao.com/blog//rede-lab-makers.

* O LAB Educação prorrogou o prazo de inscrição de 10 para 17 de dezembro

TAGS

cursos, formação continuada, makers