Após pressão, formação de professor terá menos teoria e mais aula prática - PORVIR

Saiu na Mídia

Após pressão, formação de professor terá menos teoria e mais aula prática

por Redação ilustração relógio 28 de outubro de 2015

Os cursos que formam professores para o ensino básico estão em reformulação. As universidades paulistas USP, Unesp e Unicamp começaram a fazer as primeiras mudanças nos seus cursos após a determinação do Conselho Estadual de Educação, que aumentou a carga horária destinada a atividades didático-pedagógicas. A norma ainda exige que 50% do estágio obrigatório seja cumprido em salas de aula das escolas. 

Segundo o presidente do Consed, Eduardo Deschamps, a norma parece equilibrada, já que a formação de professores tem sido muito conceitual. Na USP, entre os cursos que já se adaptaram está o de química, que aumentou a carga horária de disciplinas relacionadas ao ensino.

 

 

 

 


Leia a matéria original em Folha de S. Paulo

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação