EUA de olho na educação profissional - PORVIR

Saiu na Mídia

EUA de olho na educação profissional

por Redação ilustração relógio 22 de outubro de 2012

Pode até parecer que o prédio e a vizinhança em Crown Heights, no Brooklyn (EUA), precisem de uma reforma. Mas na av. Albany, 150, pode estar o futuro da educação profissional: os primeiros 230 alunos de um novo estilo de escola que desenha currículos de seis anos em um programa idealizado especialmente para atender às necessidades da indústria de tecnologia.

“Fazer trabalho de faculdade no ensino médio?”, diz Monesia McKnight, 15, que cursa introdução a sistemas computacionais com um professor de faculdade. Os EUA têm a maior proporção de graduados no mundo. Ainda assim, muitos profissionais com diplomas de quatro anos estão enfrentando uma realidade em que os empregos requerem outro tipo de educação.

Sistemas escolares do país têm manifestado interesse de começar novas escolas de ensino médio no estilo da P-Tech. Governantes de Chicago ficaram tão impressionados com a escola de Nova York que abriram cinco instituições similares neste ano com parcerias com os setores de telecomunicações e tecnologia. Além de New York e Illinois, gestores públicos da área de educação de Maine, Massachusetts, Missouri, Carolina do Norte e Tennessee concordaram em criar escolas desse tipo. A administração Obama destinou mais verbas à educação profissionalizante.

A P-Tech começou no ano passado com nono ano, turma que agora já está no primeiro ano do ensino médio. O período é integral, as aulas de matemática e inglês têm foco em tecnologia e negócios com cursos como aprendizado em ambiente de trabalho – que ajuda a desenvolver redes de trabalho, pensamento crítico e competências de comunicação –, aulas de administração e de ensinam retórica, lógica e solução de problemas.

do The New York Times


TAGS

ensino médio

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação