Plataforma reúne conteúdos para treinar empreendedores - PORVIR
Crédito: UBER IMAGES / Fotolia.com

Inovações em Educação

Plataforma reúne conteúdos para treinar empreendedores

Escola de Startups traz mais de 300 materiais sobre o universo empreendedor, entre artigos, guias, palestras, resumos de livros e infográficos

por Marina Lopes ilustração relógio 18 de julho de 2016

De boas ideias, o universo empreendedor está cheio. Mas na hora de impulsionar um negócio, nem sempre elas são suficientes. Para alavancar de vez uma startup, também é preciso partir em busca de conhecimento, validar ideias e ouvir experiências de quem já trilhou esse caminho. Com o objetivo de apoiar a construção e solidificação de novos negócios, a plataforma Escola de Startups reúne conteúdos voltados para o treinamento de empreendedores.

Desenvolvida pela escola online Acelera Startups, que já oferece workshops e consultorias para organizações, a plataforma abrange conteúdos para empreendedores em diferentes estágios, desde quem está começando a estruturar o seu negócio, até aqueles que já deram seus primeiros passos. Entre artigos, guias, palestras, resumos de livros e infográficos, a escola virtual conta com mais de 300 conteúdos disponibilizados para os seus assinantes.

A ideia de criar uma ferramenta voltada para o treinamento de empreendedores veio de uma lacuna observada no mercado. “O conteúdo que é ensinado [sobre empreendedorismo], principalmente dentro das universidades, tem um distanciamento muito grande do mercado”, avalia o especialista em marketing digital, Cláudio Brito, CEO da Acelera Startups. Segundo ele, embora a troca de experiências com quem já percorreu esse caminho faça diferença na hora de começar sua própria startup, muitos professores nunca abriram uma empresa e não tiveram bagagem de mercado. “Como eu vou aprender a montar um negócio com alguém que não teve essa experiência?”, questiona.

Inicialmente, a proposta da Acelera Startups era criar uma espécie de Netflix dos negócios, compartilhando histórias e lições do empreendedorismo brasileiro e norte-americano. No entanto, a equipe de idealizadores do projeto percebeu que os vídeos não eram suficientes. “O público não tinha interesse em consumir conteúdo como na Netflix, mas tinha interesse em treinamentos que pudessem ensiná-lo a empreender, usar as redes sociais e etc. Aí veio a ideia da escola, que surgiu a partir desse movimento de produção de conteúdo”, recorda Brito.

Todos os conteúdos disponibilizados na plataforma são produzidos com base em consultas realizadas com os usuários, que podem apontar suas principais dificuldades e demandas. Existem materiais com orientações sobre negociação, marketing digital e captação de recursos.

Entre as principais dificuldades encontradas pelos empreendedores brasileiros, Brito aponta que em 90% dos casos eles não conseguem validar a sua ideia. “Nós percebemos na prática que eles precisam conversar com o mercado”, observa o especialista em marketing digital. “Se eu tive uma ideia, não importa se eu acho que ela é maravilhosa ou penso que vou ficar rico com ela. Eu preciso validar a minha ideia. Tenho que ir ao mercado, conversar com o meu cliente e saber se aquilo realmente é aceito.”

Com o objetivo de apoiar o processo de validação das soluções, além dos materiais disponíveis, a plataforma também oferece um serviço de mentoria via Skype para os seus assinantes. Em muitos casos, ele diz que o empreendedor até tem uma boa ideia, mas ele ainda precisa de ajuda para desenvolver o seu plano de negócios.

Desde que foi lançada, no início deste ano, o CEO da Acelera Startups diz que a plataforma já conta com quase 4 mil inscritos. Para ter acesso aos materiais disponíveis, os empreenderes devem optar por um plano de assinatura, que pode ser mensal (R$39,90) ou anual (R$279,49). “Trabalhamos com conteúdo objetivo, sem enrolação. O empreendedor pode se dedicar 15 minutos por dia”, sugere Brito.


TAGS

empreendedorismo, tecnologia

6
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação