Porvir leva debate sobre protagonismo estudantil à Virada Educação - PORVIR
crédito: BillionPhotos.com/Fotolia.com

Blog

Porvir leva debate sobre protagonismo estudantil à Virada Educação

Encontro na Escola Estadual Caetano de Campos, no centro de São Paulo (SP), terá como base a pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção

por Redação ilustração relógio 15 de agosto de 2016

O Porvir vai levar a discussão sobre protagonismo estudantil e a escola dos seus sonhos para a Virada Educação de São Paulo, na próxima sexta-feira, 19 de agosto. O evento promovido pelo Movimento Entusiasmo também é realizado nesta semana em outras quatro cidades: Caçapava e Pindamonhangaba, no interior de São Paulo, além de Porto Alegre (RS) e Joinville (SC). Em Salvador (BA), a Virada está prevista para 26 de novembro.

A oficina organizada pelo Porvir tem como base a pesquisa Nossa Escola em (Re)Construção, realizada em parceria com a Rede Conhecimento Social, que ouviu 135 mil jovens de 13 a 21 anos de todo o país. O encontro acontecerá às 9 horas na Escola Estadual Caetano de Campos, que fica na Praça da República, na região central da cidade.

“O objetivo é trazer um novo olhar sobre os dados quantitativos da pesquisa e convidar a todos, mesmo quem não participou, a refletir sobre a escola dos sonhos e a importância do protagonismo dos estudantes”, disse Larissa Alves, mobilizadora social do Porvir. “Com isso, a equipe que coordena a pesquisa vai poder humanizar as informações e aproximá-las da realidade do jovem”.

André Gravatá, um dos organizadores do evento em São Paulo, diz que a edição de 2016 da Virada vai homenagear o poeta Carlos Drummond de Andrade e celebrar a aproximação das pessoas a partir do verso “vamos de mãos dadas”, de um dos poemas do autor. “Para criar mudanças relevantes em uma cidade, é muito importante que as pessoas se conheçam, se aproximem e que possam entender quais ações que elas criam que geram ‘bonitezas’ coletivas”, defende Gravatá.

Segundo Gravatá, a missão da Virada Educação é mostrar que a cidade é um espaço para aprendizagem, ao trazer atividades que unem educação, poesia e território. Nesse contexto, diz Gravatá, “a Virada Educação é um ato de exclamação para que as pessoas se olhem e possam se aproximar com mais sensibilidade”.

Outras atividades

Durante a Virada Educação, que acontece em São Paulo de 17 a 20 de agosto, o público também poderá participar de atividades que envolvem poesia, música, brincadeiras, debates, sessões de cinema, jogos, teatro e outras atrações.

No dia 18 de agosto, será realizado o lançamento da nova versão da plataforma Escola Digital, que reúne mais de 18 mil conteúdos pedagógicos digitais. Em um workshop, marcado para começar às 10 horas, também na Escola Caetano de Campos, será abordada a importância da produção de conteúdos pelo público jovem, além de apresentar aos participantes as novas ferramentas da plataforma.

Para mais informações, acesse viradaeducacao.me.


TAGS

pesquisas

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação