Harvard e Oportunidad capacitam docentes no Chile - PORVIR

Inovações em Educação

Harvard e Oportunidad capacitam docentes no Chile

Programa quer melhorar desenvolvimento de crianças em situação de vulnerabilidade

por Vagner de Alencar ilustração relógio 17 de maio de 2012

Professores de mais de 30 escolas públicas do Chile tiveram suas aulas monitoradas durante dois anos por especialistas internacionais. A iniciativa faz parte do programa Um Bom Começo (Um Buen Comienzo, em espanhol) criado pela Universidade de Harvard em parceria com a Fundación Educacional Oportunidad, com objetivo de melhorar a qualidade da educação na primeira infância por meio do desenvolvimento profissional dos educadores.

Os docentes, que dão aulas para crianças de 4 a 6 anos, receberam treinamento intensivo durante esse período focados na ampliação de suas habilidades sociais, orais e de linguagem, no aperfeiçoamento do uso de materiais didáticos, nas estratégias de incentivo ao envolvimento dos pais na educação dos filhos e no cuidado com a saúde das crianças.

crédito Yuryimaging / Fotolia.com

Os professores participantes tiveram suas aulas gravadas em vídeo e avaliadas por especialistas do Centro de Políticas Comparadas em Educação de Harvard e da Universidad Diego Portales, que, a cada dois meses, orientavam-nos por meio de capacitações teóricas e práticas.

Segundo Marcela Marzolo, diretora executiva da Fundación Oportunidad, esse acompanhamento foi indispensável para que se pudesse compreender as necessidades e qualificar o processo de formação continuada dos professores. “Esse dia a dia do processo também foi importante para avaliar em que medida os professores estavam aplicando as novas estratégias aprendidas”, afirma.

O projeto inicial comparou o desempenho das escolas públicas que participaram da capacitação com outras 32 que não passaram por essa intervenção. Os especialistas avaliaram a atuação dos professores quanto à organização do material didático e quanto ao apoio emocional e pedagógico dado às crianças.

“Nos ensinaram, por exemplo, a como tirar proveito da leitura de um conto. Não só narrando a história, mas também ampliando o vocabulário e criando um encantamento pelos livros”

Os primeiros resultados do programa, ainda em caráter experimental, mostraram um grande aumento no desempenho dos educadores, que além de ensinar melhor os conteúdos, também melhoraram sua organização quanto ao uso do tempo de aula e quanto ao preparo do material metodológico. Os resultados finais do projeto serão apresentados no fim do ano, e a expectativa dos organizadores é contribuir de forma mais efetiva com a criação de políticas públicas.

Segundo a diretora da fundação, o projeto elevou também o índice de confiança e a participação das crianças nas atividades. “Elas também ficaram mais autoconfiantes por  conta desse ambiente mais positivo e de respeito criado na sala de aula.”

Os professores que participaram do projeto também apreciaram a formação. “A capacitação foi muito útil para minha atuação junto às crianças. Nos ensinaram, por exemplo, a como tirar proveito da leitura de um conto. Não só narrando a história, mas também ampliando o vocabulário e criando um encantamento pelos livros”, revela a educadora Alejandra Trureo Rojas.

Ainda para este ano, outros educadores de mais 41 escolas vão participar da capacitação.


TAGS

educação infantil, harvard, pesquisas

1
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação