Programa ajuda famílias a criar atividades para crianças durante a quarentena contra coronavírus - PORVIR
Crédito: pinstock/iStockPhoto

Inovações em Educação

Programa ajuda famílias a criar atividades para crianças durante a quarentena contra coronavírus

Instituto Crescer lança iniciativa para conectar famílias em todo Brasil e compartilhar experiências e brincadeiras

por Redação ilustração relógio 25 de março de 2020

Para ajudar as famílias que estão preocupadas em como lidar com os crianças e adolescentes o tempo todo em casa e entretê-los neste período de recesso escolar e de quarentena contra o coronavírus, o Instituto Crescer, instituição que atua na área de Educação em projetos voltados à inovação educacional, está com inscrições abertas até 26 de março para as famílias que quiserem participar da edição especial do Programa Aprender em Rede – Eu e Meu Mundo. O programa terá início em 27 de março e seguirá até 15 de maio.

A iniciativa tem como proposta criar oportunidades para que adultos e crianças que estiverem convivendo na mesma casa compartilhem experiências e brincadeiras enquanto as aulas não são retomadas. Inspirado na educação finlandesa, o objetivo é colaborar na promoção de atividades que estimulem a criatividade e o desenvolvimento de habilidades manuais.

“Na Finlândia, ao longo da vida escolar, as crianças e adolescentes aprendem economia doméstica, a fazer pequenos reparos em casa, a costurar, a produzir arte com diferentes tipos de materiais etc. A base da educação finlandesa é o empreendedorismo de vida, ou seja, ter proatividade e autonomia para gerenciar problemas do dia a dia, sem depender necessariamente de uma terceira pessoa. Este momento que estamos vivendo é uma boa oportunidade para vivenciar esta prática”, explica Luciana Allan, diretora do Instituto Crescer e idealizadora do programa.

De jogos e culinária a atividades manuais

A troca de ideias e experiências ocorrerá por meio de um grupo fechado no Facebook, organizado com pais e familiares, que receberão as orientações e serão responsáveis pelo compartilhamento de informações.

A primeira semana será para apresentação da famílias. As semanas seguintes serão dedicadas à elaboração de jogos, receitas de culinárias saudáveis e atividades manuais, como fazer pequenos reparos em casa, costurar, bordar, pintar etc.

Ao final, as famílias serão estimuladas a refletir sobre a experiência, sua contribuição para superar os desafios deste período e os aprendizados que tiveram.

Para participar, basta que um adulto inscreva sua família em https://bit.ly/AR20201.


TAGS

autonomia, competências para o século 21, coronavírus, educação infantil, educação integral

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação