Startups de impacto social aderem ao crowdfunding - PORVIR

Saiu na Mídia

Startups de impacto social aderem ao crowdfunding

por Redação ilustração relógio 15 de dezembro de 2015

As startups que buscam aceleração para viabilizar seus negócios são, essencialmente, formadas por equipes pequenas, buscam investimento embrionário, o chamado seed money, e dedicam cada vez mais o serviço prestado para o impacto social, segundo dados preliminares da pesquisa promovida pela organização Artemísia e a consultoria especializada em startups Dín4mo.

O levantamento considerou o cenário descrito por 1200 startups que procuraram a Artemísia no último ano em busca de aceleração. Em sua maioria, 58% dos casos, são empresas embrionárias lideradas por empreendedores nível educacional elevado (pós graduação, mestrado ou doutourado), que pretendem recuperar o investimento inicial em até cinco anos de funcionamento. Como muitas enfrentam grande dificuldade em encontrar investimento pelas formas tradicionais, o financiamento coletivo, ou crowdfunding, aparece pela primeira vez entre opções de captação para startups, em 4% dos casos dos que buscaram investimento

 


Leia a matéria original em Estadão PME

TAGS

financiamento coletivo, negócios de impacto social

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação