Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: Divulgação

Inovações em Educação

Brasileiro é finalista do Global Teacher Prize, o ‘Nobel da Educação’

Diego Mahfouz Faria Lima, diretor da Escola Municipal Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto (SP), foi selecionado por seu projeto de educação democrática

por Vinícius de Oliveira 13 de fevereiro de 2018

Pelo segundo ano consecutivo, o Brasil terá um representante entre os 10 finalistas do Global Teacher Prize, prêmio conhecido como “Nobel da Educação” e organizado pela Varkey Foundation, instituição filantrópica com sede em Londres (Inglaterra). Nesta terça-feira, 13, coube ao fundador da Microsoft, Bill Gates, comunicar que Diego Mahfouz Faria Lima, diretor da Escola Municipal Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto (SP), está entre os classificados para a etapa final que terá seu vencedor anunciado em evento de gala de tapete vermelho durante o Global Education and Skills Forum, em Dubai, no dia 18 de março.

- Porvir mostra como a gestão democrática pode ajudar a sua escola

Atualmente em sua 4ª edição, o prêmio distribui US$ 1 milhão (R$ 3,3 milhões) para o vencedor, que também vai atuar como embaixador para a Varkey Foundation, comparecendo a eventos e fazendo palestras com o objetivo de valorizar a profissão do professor. O critério de escolha vai além do trabalho feito em sala de aula e reconhece esforços do educador em prol da comunidade. Em 2017, o prêmio foi vencido pela canadense Maggie McDonnell, que transforma a vida de estudantes de uma comunidade marcada por casos de suicídio, e teve o brasileiro Wemerson da Silva Nogueira entre os finalistas.

“Quando você pensa sobre o que impulsiona o progresso e a melhoria do mundo, a educação é como uma chave-mestra que abre todo o tipo de oportunidades para indivíduos e sociedades”, disse Gates, que também comanda a Bill & Melinda Gates Foundation. “Pesquisas mostram que ter um excelente professor pode ser o fator mais importante para determinar se os alunos recebem uma ótima educação”.

Brasileiro finalista

Eleito Educador do Ano na edição de 2015 do Prêmio Educador Nota 10, Diego Mahfouz Faria Lima transformou uma escola que era noticiada nos jornais locais e televisivos como a mais violenta e com as maiores taxas de evasão. Quando assumiu o cargo de diretor em 2014, adotou  uma estratégia centrada na recuperação do espaço físico e no engajamento dos alunos e da comunidade, por meio da promoção da gestão democrática.

Em entrevista ao jornal O Globo, Diego contou que, quase como um aluno novo, seu primeiro dia na Darcy Ribeiro não foi fácil. Os estudantes do turno da tarde se rebelaram contra sua presença, fizeram cartazes de protesto, colocaram fogo no banheiro e chegaram até a jogar maçãs em sua direção. À BBC Brasil, Diego lembrou ainda que a escola chegou a registrar 60 suspensões por semana.

Os 10 finalistas

– Nurten Akkuş, professor pré-escolar e diretor da Pre-School Ayvacık, em Samsun, na Turquia;
– Marjorie Brown, que ensina história na Roedean School, Joanesburgo, África do Sul;
– Luis Miguel Bermudez Gutierrez, professor de ciências sociais no Colegio Gerardo Paredes IED, em Bogotá, na Colômbia;
– Jesus Insilada, que ensina inglês e escrita criativa na Caninguan National High School, em Lambunao, nas Filipinas;
– Glenn Lee, professora de engenharia e tecnologia da Waialua High & Intermediate School, no Havaí, nos Estados Unidos;
– Diego Mahfouz Faria Lima, diretor da Escola Municipal de Darcy Ribeiro, em São José do Rio Preto, São Paulo, Brasil;
– Koen Timmers, professor da Universidade PXL, em Hasselt, e professor de ciências da computação na escola vocacional CVO De Verdieping, em Heusden-Zolder, na Bélgica;
– Eddie Woo, professora de matemática da Cherrybrook Technology High School, em Sydney, na Austrália;
– Andria Zafirakou, professora de arte e têxteis da Alperton Community School, em Londres, na Inglaterra;
– Barbara Anna Zielonka, professora de inglês da Nannestad High School, na Noruega.

Os finalistas foram selecionados entre mais de 30.000 indicações e inscrições provenientes de 173 países ao redor do mundo. O Prêmio Global Teacher Prize foi criado em 2014 para reconhecer professores que fazem um excelente trabalho, bem como destacar o importante papel que esses profissionais desempenham na sociedade.

A convite da organização do evento, o Porvir acompanhará a premiação em Dubai.