Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: Wax/Fotolia.com

Inovações em Educação

Desafio incentiva criação de projetos para redução e descarte de resíduos

Com atividades gamificadas, a competição pretende engajar professores e alunos em ações que valorizam a reciclagem e diminuem a quantidade de rejeitos na escola

por Redação 14 de fevereiro de 2017

Uma competição pretende mobilizar professores e estudantes de todo o país em ações de consumo consciente e sustentabilidade. Para incentivar escolas a trabalharem o famoso conceito dos 4Rs –repensar, reduzir, reutilizar e reciclar, o Instituto Akatu e a Braskem lançam o desafio “Turma que Recicla”, que engaja alunos do ensino fundamental em um percurso gamificado na plataforma Edukatu.

Por meio de uma série de atividades pedagógicas, que envolvem jogos, vídeos e infográficos, a ideia é que os alunos sejam estimulados a refletir sobre a geração e o descarte adequado de resíduos. Estudos apontam que cerca de 40% dos resíduos coletados no país seguem para lugares inadequados, ampliando o risco de contaminação do solo e da água. Diante desse problema, o desafio também pretende estimular que os participantes desenvolvam projetos para ampliar a reciclagem e diminuir a quantidade de rejeitos gerados na escola.

Para participar do desafio, os professores devem se inscrever na plataforma online do Edukatu, aceitar os termos presentes no regulamento e preencher um formulário disponível na primeira atividade do percurso “Turma que Recicla”. A partir daí, o educador também pode convidar alunos e outros colegas para integrar a sua equipe.

As atividades e inscrições podem ser realizadas até o término do desafio, que está previsto para o dia 15 de outubro. O professor responsável pelo projeto melhor avaliado será premiado com uma viagem nacional, além da sua escola ganhar uma oficina lúdica sobre reaproveitamento de materiais. O segundo e o terceiro colocado ganham um tablet e um kit de materiais didáticos, respectivamente.

Como critério de apuração, serão considerados apenas os projetos que tiverem a participação de pelo menos 20 alunos. Na avaliação, serão levados em conta os registros realizados pelas equipes durante o percurso, assim como a qualidade e diversidade de interações feitas nas atividades. O resultado será divulgados no site do Edukatu e nas redes sociais.

O regulamento completo está disponível em aqui.

TAGS

aprendizagem baseada em projetos, jogos, sustentabilidade