Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: Kostia / Fotolia.com

Como Inovar

Guia apoia educador a implementar cultura de participação na escola

Material gratuito criado pela ONG Viração apresenta conceitos e sugestões para atividades em sala aula

por Vinícius de Oliveira 30 de maio de 2017

Em 2013, o recado foi dado na rua. Três anos depois, eles foram às escolas. Enquanto a classe política e toda a sorte de especialistas tentam entender o que acontece no país, jovens manifestam nos espaços que os cercam e nas redes sociais da internet a vontade de ter voz e participar. Essa demanda chega em formato e regras próprias que, por falta de estrutura, de metodologia, ou ausência de abertura para o diálogo, o ambiente escolar sente dificuldades em absorver.

Para apoiar educadores a criarem pontes com o novo discurso do jovem, a Viração, organização da sociedade civil sem fins lucrativos que atua nas áreas de educomunicação,
juventudes e mobilização social, criou o Guia de Participação Cidadã para Educadores para apoiar educadores sociais e professores a promoverem um debate sobre participação cidadã com seus alunos e fazer com que esses espaços consigam ir além de minutos finais de aulas, quando o conteúdo já foi atendido, ou eventos comemorativos. Em outras palavras, as orientações tem como objetivo final a mudança de cultura nas relações entre professores, gestores e os estudantes.

Além de explicar que bases legais sustentam essa nova visão, o guia mostra de que maneiras o jovem se comporta “do portão para fora” e como isso se choca com a estrutura hierarquizada da escola. Estaríamos diante de uma geração de “militantes de sofá”? Ao longo das 21 páginas, o leitor encontra motivos de sobra para ter certeza que não é isso que está acontecendo.

Após a teoria, o guia também parte para a prática, com proposta de atividades simples que podem ser implementadas nas escolas direcionadas a educadores que desejam transformar a realidade de forma crítica e criativa, participativa e democrática. Por fim, é estimulado que os alunos identifiquem como esses conceitos se manifestam em suas comunidades e como a escola pode torná-los parte de seu dia a dia, seja com o grêmio, assembleia de classe ou trabalho com educomunicação.

Para baixar o guia gratuitamente, acesse o site da Viração e preencha um pequeno cadastro.

Leia também: E agora? 9 dicas para debater a crise do governo Temer nas aulas

TAGS

educação democrática, educomunicação, ensino fundamental, ensino médio