Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Saiu na Mídia

Pais estão deixando seus filhos exaustos. Um menino do oitavo ano explica como

por Redação 26 de outubro de 2017

Rosalind Wiseman é uma educadora e autora de muitos livros, incluindo  “Queen Bees and Wannabes” e “Boys, Girls & Other Hazardous Materials”. Ela também é dona de uma organização chamada Cultures of Dignity (Culturas de Dignidade), que trabalha com o bem-estar físico e emocional de jovens.

Wiseman recebeu uma carta de um menino do oitavo ano explicando a pressão enorme que sofria em casa. O menino descrevia para ela as longas horas de intenso estudo para seu SSAT (Secondary School Admissions Test) e o grande número de tarefas que os pais o faziam cumprir, com quase nenhum tempo para descansar. A educadora, ao analisar o texto do menino, preparou uma série de perguntas (entre elas: “O que eu faço para fazer meu filho sentir-se visto e ouvido?”, “Eu sei o que faz meu filho querer acordar e começar o dia?” e “Quando eu começo conversas com meu filho, elas são sobre coisas que ele não fez?”) para conscientizar os pais sobre seus filhos.

 

 

Leia a matéria original em WashingtonPost