As cinco coisas que eu aprendi - PORVIR

Inovações em Educação

As cinco coisas que eu aprendi

Conheça algumas das 270 reflexões reunidas pela Pearson em site que pretende inspirar pessoas de todo mundo preocupadas com educação

por Redação ilustração relógio 2 de julho de 2012

A Fundação Pearson lançou, nesta semana, o The Five Things I’ve Learned (As Cinco Coisas que Eu Aprendi)  portal que reúne citações e pensamentos de 54 educadores, acadêmicos, empreendedores sociais e empresários que, de alguma forma, se relacionam com educação. A proposta era simples e um tanto abrangente: eles deveriam elencar cinco coisas que eles aprenderam sobre educação. Podia ser algo a partir de uma observação prática ou ainda ser proveniente do campo teórico.

“Embora essas pessoas tenham diferentes backgrounds, eles têm em comum um trabalho dedicado a melhorar a vida das pessoas por meio do aprendizado. Ao juntar essas vozes, nós queremos criar um fórum que tanto mostra o trabalho desses líderes quanto ajuda seus pares no debate sobre educação, aprendizado, o que é possível para indivíduos, organizações e comunidades no mundo”, diz a fundação no site.

O resultado reuniu reflexões que foram divididas em dez temas: comunicação e trabalho de equipe, dados e prestação de contas, experiência e prática, família e comunidade, aprendizado global e local, inovação e mudança, liderança, desempenho dos estudantes, políticas educacionais e sala de aula.

Todo esse conteúdo, em inglês, pode ser acessado a partir desses temas ou das personalidades, opção em que é possível ver as cinco citações de cada uma, além de um breve currículo. Ficou interessado? O Porvir selecionou 12 entre as 270 reflexões. Confira:

crédito: The Loupe Project / Fotolia.com

“Consciência social, capacidade de adaptação, criatividade e colaboração são as habilidades mais importantes do século 21.”
Charles Fadel, fundador e presidente do Center for Curriculum Redesign

“Conheça a sua gente tão bem quanto a mudança que você quer.”
Tim Waterspresidente e diretor-executivo Officer da McREL (Mid-continent Research for Education and Learning)

 “O que quer que eu ache que eu sei hoje, em cinco anos, tenho certeza de que vou achar que boa parte disso é uma besteira completa.”
Michael B. Horn, cofundador e diretor-exevutivo de prática educativa no Instituto Innosight, organização que abriga o estudo de Heather Staker, sobre educação híbrida.

“Implementar boas políticas públicas para educação é mais difícil do que parece.”
Michael B. Horn

“O que hoje se considera o novo normal é fazer mais e fazer diferente dos outros.”
Jim Kohlmoos, CEO da National Association of State Boards of Education (Nasbe)

“Liderança está no centro da solução.”
Wendy Kopp, cofundadora do Teach for All, organização cujo braço brasileiro, o Ensina!, já atua no Rio e começa sua articulação em São Paulo

“O problema de inequidade educacional é universal.”
Wendy Kopp

“Todos os adultos são professores.”
Melany Reeves Stowe, coordenadora de comunicação da escola pública Henry County, na Virginia (EUA), autora de livros e colunista de educação

“Não subestime o valor das férias e da educação física.”
Linda McCulloch, secretária de Estado em Montana (EUA)

“Eu aprendo enquanto ensino”
Rushton Hurley, fundador e diretor-executivo da Next Vista for Learning

“A educação deve cultivar, ao mesmo tempo, a excelência acadêmica, o desenvolvimento do caráter e da competência socioemocional.”
Fernando Reimers, diretor do programa internacional de políticas educacionais em Harvard e conselheiro do Porvir.

“Pensando educação como um balanço entre tradição e inovação, temos que colocar mais peso na agenda de inovação para ajudar os alunos a se antecipar e se preparar para o futuro, e também inventá-lo.”
Fernando Reimers 


TAGS

tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação
X