Menina afegã se veste de menino durante seis anos para frequentar escola - PORVIR

Saiu na Mídia

Menina afegã se veste de menino durante seis anos para frequentar escola

por Redação ilustração relógio 31 de agosto de 2016

No Afeganistão, muitas meninas e mulheres ficaram impossibilitadas de frequentar a escola durante anos, devido a proibição do regime do Talibã. Uma professora, inclusive, ganhou um prêmio reconhecido mundialmente por ajudar meninas a ter acesso à educação.

A aluna Zahra Joya teve outra ideia. Com o apoio do tio, ela imaginou que se vestir de menino poderia dar o direito de frequentar a escola. A princípio, sua mãe recusou a ideia, mas depois acabou cedendo, o que levou a menina de cinco anos a começar a ser vestir de menino.

A experiência durou seis anos, quando finalmente o regime caiu e Zahra, que durante esse tempo chamava-se Mohammed, pôde estudar com as meninas. Entretanto, ela diz que sente falta dos dias como menino. “Como Zahra, não tinha as oportunidades que os meninos tinham, não tinha todos os direitos, não podia rir alto”. Hoje, a menina de 23 anos já estudou direito na faculdade, é jornalista e sustenta toda a família.

 


Leia a matéria original em G1

TAGS

gênero

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação