Prêmio dá US$ 1 milhão a professor inspirador - PORVIR
por Maria Victória Oliveira

Inovações em Educação

Prêmio dá US$ 1 milhão a professor inspirador

Global Teacher Prize busca promover o reconhecimento de profissionais da educação. Inscrições vão até 10 de outubro

por Redação ilustração relógio 23 de junho de 2015

Imagina receber US$ 1 milhão pelo reconhecimento do seu trabalho? Esse é o valor que o Global Teacher Prize vai dar a um professor que tenha feito uma grande contribuição para a área educacional ou inspirado seus estudantes e a comunidade a seu redor.

Criado em 2014 pela Fundação Varkey, o prêmio internacional tem como objetivo elevar a importância da profissão de educador, estimulando as crianças a sonharem em ser o melhor professor ou professora do mundo. Também conhecido como “Nobel da Educação”, o Global Teacher Prize tem o objetivo de despertar a atenção para a necessidade de reconhecimento da profissão. A Fundação acredita que uma educação engajadora desperta e encoraja todo o potencial dos jovens.

São elegíveis profissionais que ensinem crianças que estão na fase de escolaridade obrigatória, ou entre 5 e 18 anos de idade, além de profissionais de cursos online. O vencedor será escolhido pela Academia do Teacher Prize, composta por um grupo de educadores, jornalistas, funcionários públicos, empresários de tecnologia e cientistas. O anúncio do prêmio será feito durante o Fórum de Educação e Habilidades, em março de 2016, em Dubai. Para concorrer ou indicar alguém, é necessário o preenchimento de um formulário no site até o dia 10 de outubro.

Nancie Atwell foi a vencedora da primeira edição. Norte-americana, ela descobriu sua paixão pelos livros enquanto estava no hospital, ainda criança, com febre reumática. Atualmente, ela é professora de inglês e criou um workshop de leitura e escrita, na qual os alunos escolhem as disciplinas sobre as quais irão ler e escrever. Essa autonomia aumenta a capacidade e o ânimo deles, o que possibilita que leiam, por ano, uma média de 40 livros de 14 gêneros e escrevam 21 textos. Devido ao estímulo de Nancie, muitos de seus alunos tornaram-se escritores. Ela também criou uma escola sem fins lucrativos, a Center for Teaching and Learning, para desenvolver e disseminar boas práticas em sala de aula.


TAGS

ensino fundamental, ensino médio, prêmios

9
Deixe um comentário

avatar
500
9 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
9 Autores
Giane Martins de MoraisEmiliana Torteloti FreitasMARIA ROSA MARTINS MOTADomingos Neves VieiraEurípedes Braga Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Giane Martins de Morais
Visitante
Giane Martins de Morais

Para que valorizar somente um professor? São muitos os professores que desenvolvem excelentes trabalhos.

Giane Martins de Morais
Visitante
Giane Martins de Morais

Para que valorizar somente um professor? São muitos os professores que desenvolvem excelentes trabalhos.

Emiliana Torteloti Freitas
Visitante
Emiliana Torteloti Freitas

Show! Amei !

Emiliana Torteloti Freitas
Visitante
Emiliana Torteloti Freitas

Show! Amei !

MARIA ROSA MARTINS MOTA
Visitante
MARIA ROSA MARTINS MOTA

Amei! É uma excelente oportunidade para a valorização do professor.

MARIA ROSA MARTINS MOTA
Visitante
MARIA ROSA MARTINS MOTA

Amei! É uma excelente oportunidade para a valorização do professor.

Domingos Neves Vieira
Visitante
Domingos Neves Vieira

Este é muito bom para os professor que tem a visão além do alcance sobre a educação

Domingos Neves Vieira
Visitante
Domingos Neves Vieira

Este é muito bom para os professor que tem a visão além do alcance sobre a educação

Eurípedes Braga
Visitante
Eurípedes Braga

Todos os países tinham que incentivar a participação em eventos assim!

X