Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: grgroup/Fotolia.com

Inovações em Educação

Edital quer transformar bibliotecas públicas em espaços de inovação

Programa Conecta Biblioteca vai aproveitar recursos tecnológicos para aumentar o número de visitantes em 92 instituições de todo o Brasil

por Marina Lopes 18 de abril de 2017

Mais do que um local para empréstimo de livros, as bibliotecas podem ser verdadeiros espaços de inovação. Com essa proposta, a ONG Recode e a Caravan Studios querem usar a tecnologia para apoiar o desenvolvimento local e aumentar o número de visitantes em 92 bibliotecas públicas de todo o Brasil.

Até o dia 20 de abril, estão abertas as inscrições para o programa Conecta Biblioteca, que pretende fomentar a inovação em espaços públicos de leitura. Com patrocínio da Fundação Bill & Melinda Gates, a iniciativa irá oferecer formações presenciais e à distância para equipes interessadas em transformar suas instituições, atrair o público jovem e ampliar a participação da comunidade por meio de recursos tecnológicos.

Durante dois anos, bibliotecários e profissionais selecionados pelo programa irão participar de capacitações que envolvem pesquisa na comunidade, gestão participativa, estratégias de comunicação e captação de recursos. A ideia é que as equipes possam mapear os interesses e as necessidades da comunidade para desenvolver suas atividades.

Edições anteriores
Na última edição, lançada no final de 2015, o programa contou com a participação de 48 bibliotecas em todo o país. A partir das formações e do mapeamento de interesses locais, a Biblioteca Pública de Bento Gonçalves, no Rio Grande do Sul, por exemplo, pensou em estratégias para utilizar a tecnologia como uma aliada na hora de incentivar o interesse dos jovens pela leitura.

Com diferentes manifestações artísticas e culturais, a biblioteca desenvolveu o projeto “Protagonistas da Palavra – Eu no Mundo”, que incentivou estudantes de escolas municipais e estaduais a desenvolverem jogos interativos e produções audiovisuais. “A ideia era que eles fossem protagonistas das suas histórias através da leitura. Tendo uma ferramenta tecnológica como aliada, eles ampliaram o seu olhar sobre segmentos culturais”, contou a bibliotecária Eunice Pigozzo, responsável pelo espaço.

De acordo com a bibliotecária, as novas atividades ajudaram a mudar a relação dos jovens com o espaço. “Eles passaram a enxergar a biblioteca não só como um repositório de livros, mas como um mundo onde poderiam explorar vários tipos de conhecimentos”, avalia.

No Espírito Santo, a participação no programa também incentivou a Biblioteca Pública Municipal de Domingos Martins a repensar suas atividades. Para promover a inclusão digital como um recurso terapêutico e dar novos significados ao local, a biblioteca mobilizou jovens aprendizes da cidade e incentivou que eles oferecessem oficinas de informática e capacitação digital a grupos de mulheres com depressão. “O papel da biblioteca é interagir com a comunidade na qual fazemos parte. Além de estimular a leitura, ela deve promover o desenvolvimento local”, destacou a bibliotecária Ana Maria da Silva.

Inscrições
As instituições interessadas participar da nova edição do Conecta Biblioteca podem se candidatar pelo site. Para completar a inscrição, também será necessário enviar um termo de cooperação assinado pelo profissional da biblioteca e algum representante do setor público, além de um relatório de atividades do último semestre e fotos do espaço em funcionamento.

Podem concorrer ao edital instituições públicas, municipais e estaduais que estejam cadastradas no Sistema Nacional de Bibliotecas Públicas e tenham, no mínimo, três computadores com internet banda larga. As bibliotecas públicas também devem estar localizadas em municípios com até 250 mil habitantes ou no Distrito Federal.

Mais informações em http://recode.org.br/conectabiblioteca/.

TAGS

tecnologia