Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Pauchi/Fotolia.com

Inovações em Educação

Prêmio internacional recebe inscrições de projetos inovadores de educação

WISE Awards reconhece seis iniciativas que buscam solucionar desafios globais e transformar suas comunidades

por Redação 18 de janeiro de 2018

Até o dia 30 de janeiro, projetos inovadores que se propõem a solucionar desafios globais na área de educação e transformar suas comunidades podem buscar o reconhecimento do WISE Awards 2018, promovido pela Fundação Qatar. A premiação reconhece todos os anos seis iniciativas criativas e eficientes, que recebem o valor de US$ 20 mil, e tem o objetivo de criar uma rede de agentes de transformação para inspirar inovações na educação mundial.

Para concorrer, é preciso realizar a inscrição em inglês e relatar como funciona o projeto e o alcance das atividades desenvolvidas. Podem preencher o formulário representantes das iniciativas ou pessoas externas a elas que queiram indicar projetos para o prêmio. O WISE Awards se propõe a reconhecer soluções de qualquer lugar do mundo e de qualquer setor ou nível educacional.

Leia também: Como são os projetos dos professores premiados em 2017

Entre as características e requisitos que a Fundação Qatar está buscando nos projetos estão registros que comprovem o sucesso da iniciativa, sustentabilidade financeira, clareza nos objetivos e próximos passos, potencial de ser escalado e replicado em outros contextos e regiões do mundo, além do entendimento por parte dos integrantes das iniciativas sobre a natureza de sua inovação, seus diferenciais e o impacto que provoca para seus beneficiários.

Após o encerramento das inscrições, um grupo de especialistas em educação vai avaliar todos os projetos e indicar 15 finalistas, em março. Um outro júri, formado por lideranças da educação mundial, vai escolher os seis ganhadores, que serão conhecidos em setembro.

Desde 2009, quando o WISE Awards foi criado, já foram premiados 54 projetos com objetivos diferentes, como garantir qualidade na educação, oportunidades de aprendizado ao longo da vida ou acesso a educação em locais em crise.

Dois representantes brasileiros foram reconhecidos desde a primeira edição: o projeto de educação a distância na Floresta Amazônica, uma iniciativa da Secretaria de Educação do Amazonas, em 2009, e a startup Geekie, com o projeto “Aprendizagem para todos”, que inclui três plataformas de ensino personalizado: o Geekie Lab, o Geekie Teste e o Geekie Games.

Para se inscrever ou obter mais informações, clique aqui.

TAGS

prêmios