Alunos usam realidade virtual para fazer tour pela Copa do Mundo na Rússia - PORVIR
Crédito: Hedeson Alves/ Secretaria Estadual de Educação do Paraná

Diário de Inovações

Alunos usam realidade virtual para fazer tour pela Copa do Mundo na Rússia

Com apoio da professora de educação física, turma do ensino médio desenvolveu feira de realidade virtual em colégio estadual de Curitiba

por Renata Pedrite Franco Leal ilustração relógio 13 de junho de 2018

Sou professora de educação física e tenho duas turmas de ensino médio no Colégio São Cristóvão, em São José dos Pinhais, na região metropolitana de Curitiba (PR). Durante as aulas, percebi que alguns estudantes não queriam participar das atividades práticas e costumavam ficar sempre com o celular na mão, falando de aplicativos e de tecnologia. Daí surgiu a ideia de criar uma atividade que pudesse unir as duas coisas.

Tivemos alguns momentos de prática do futebol, levantamos questionamentos e críticas sobre o esporte e começamos a utilizar recursos tecnológicos. Como os estudantes do 2º ano do ensino médio adoraram a ideia, aumentamos o projeto. Planejamos uma feira de realidade virtual em que alunos, professores e funcionários conheceriam mais sobre a Copa do Mundo por meio dessa tecnologia.

Leia mais:
4 elementos para ampliar a participação dos alunos
– Programa de educação física ajuda a formar cidadãos
– Atividade inverte a sala de aula na formação de professores de educação física
– A realidade virtual e a aumentada vão transformar a educação? Ainda não

Conforme os alunos encontravam ferramentas e recursos sobre futebol durante suas pesquisas, começamos a formatar a feira e pensamos que ela poderia ser um grande evento para a escola.

Nunca tinha trabalhado com realidade virtual, mas eu já utilizo vários recursos tecnológicos na minha aula. Para trabalhar com esse recurso, compramos dez óculos de realidade virtual. Eu achava que eles eram muito caros, mas conseguimos encontrar modelos por R$ 30 no site Mercado Livre.

Como não tínhamos materiais necessários para produzir conteúdos de realidade virtual, os alunos fizeram pesquisas de vídeos disponíveis no YouTube em formato 360. A ideia era selecionar conteúdos que tivessem a ver com futebol e com os estádios da Rússia.

Todo o processo de construção da feira contou com o envolvimento dos alunos. Fizemos conversas para definir o que cada um iria fazer, quem iria cuidar da organização, convidar os visitantes, entre outros.

A feira aconteceu no dia 5 de junho e contou com a participação de alunos, professores e funcionários da escola. Em salas temáticas, eles puderam fazer um tour virtual pelas arenas da Copa, conheceram histórias de clubes, assistiram a jogos da Champions League e a vídeos relacionados ao evento esportivo. Todos puderam interagir bastante com esse recurso de realidade virtual e de um quiz desenvolvido pelos alunos.

Com esse projeto, percebi que os alunos demonstraram mais interesse pelas atividades de educação física. Eles ainda puderam ter contato com uma tecnologia que ainda não conheciam ou ainda não sabiam como utilizar.


Renata Pedrite Franco Leal

Professora de educação física do Colégio São Cristóvão, em São José dos Pinhais, na Região Metropolitana de Curitiba.

TAGS

ensino médio, realidade virtual, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação