Eduardo e Marina recebem propostas para educação - PORVIR

Blog

Eduardo e Marina recebem propostas para educação

Em evento realizado por Inspirare/Porvir e Todos Pela Educação, pré-candidatos discutiram caminhos para docência e gestão

por Redação ilustração relógio 10 de junho de 2014

Os pré-candidatos à Presidência e vice-Presidência da República pelo PSB Eduardo Campos e Marina Silva receberam propostas para melhorar a educação básica do Brasil na tarde dessa terça-feira (10), em São Paulo, durante encontro organizado pelo Inspirare/Porvir e pelo movimento Todos Pela Educação. O evento é o primeiro da “Série de Diálogos O Futuro se Aprende” com presidenciáveis, que reúne representantes de fundações, institutos e organizações da sociedade civil, empresários e lideranças educacionais para sugerir caminhos e inspirar plataformas de governo nos temas mais urgentes da educação.

“Não podemos ter 10 prioridades. Para o Brasil dar a guinada que ainda não deu,  a prioridade tem que ser educação, ciência, tecnologia e inovação”, disse o pré-candidato Eduardo Campos ao abrir o evento. Segundo o político, educação é prioridade no seu programa de governo, mas é importante ter a ousadia de ir além do PNE (Plano Nacional de Educação), que estabelece 20 metas para a educação nos próximos 10 anos e prevê 10% do PIB para o setor.

Porvir

Eduardo e Marina falaram sobre suas concepções de educação e, na sequência, ouviram as propostas do público, que versaram principalmente sobre formação de professor, gestão educacional e de sala de aula. Marina se disse favorável à adoção de uma base curricular comum, mas enfatizou que ela deve respeitar diferenças. “Temos que ter um núcleo comum, sem abrir mão de um espaço de customização para que as realidades locais se mostrem presentes. Há algo que nos integra e também há algo que valoriza nossa diversidade e ambos devem ser contemplados. Quando nos comunicamos por uma base comum, fica mais fácil inclusive anunciarmos nossas diferenças”, afirmou Marina.

Eduardo e Marina foram os primeiros pré-candidatos a participar do evento. Para dar prosseguimento à série de diálogos, já estão convidados a atual presidente da República, Dilma Rousseff (PT), e os senadores Aécio Neves (PSDB) e Randolfe Rodrigues (PSOL). Ao final da sequência de encontros, o conjunto de propostas elaboradas pela sociedade civil serão encaminhadas formalmente para todos os candidatos e disponibilizadas para o grande público via sites e redes sociais.

De acordo com Jorge Gerdau, presidente do Todos pela Educação e anfitrião do evento, encontros como esse são muito ricos. “A mobilização da sociedade pela Educação é muito importante para ajudar a promover as mudanças necessárias. O Todos Pela Educação é uma expressão dessa mobilização que tem trabalhado intensamente nesse sentido nos últimos anos. Há alguns anos a educação era a sétima prioridade dos brasileiros, hoje já é a segunda e deve estar também no topo das prioridades dos candidatos e de seus governos”, afirmou.

“Esse espaço é uma oportunidade para o diálogo construtivo, em que nós reunimos gente querendo fazer o bem, querendo fazer as mudanças que a educação brasileira precisa. Unimos as contribuições de quem está fazendo acontecer com a oportunidade de escuta que, esperamos, não seja apenas de líderes políticos, mas de lideranças de Estado. A ideia é oferecer essas propostas a quem quer que ganhe as eleições. É como se elas não tivessem dono”, completou Bernardo Gradin, presidente do Inspirare.


TAGS

educação integral, eleições, formação inicial, série de diálogos, todos pela educação

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação
X