Nova ferramenta Porvir/Instituto iungo apoia professores na criação de planos de aula sobre Projetos de Vida - PORVIR
Crédito: Porvir

Inovações em Educação

Nova ferramenta Porvir/Instituto iungo apoia professores na criação de planos de aula sobre Projetos de Vida

Gratuito, o planejadordeaulas.org.br apresenta dicas e um percurso para educadores realizarem seus planejamentos

por Vinícius de Oliveira ilustração relógio 27 de maio de 2021

Além de ser um local onde os estudantes têm acesso a conhecimentos sobre diversas disciplinas como matemática, língua portuguesa e ciências, a escola é também um espaço para que desenvolvam outras habilidades importantes para a vida e que continuarão consigo muito tempo depois de terem saído do ensino regular.

A capacidade de se conhecer e também pensar a respeito do que desejam para si é uma delas. Desde 2017, com a homologação da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), que propõe o trabalho intencional para apoiar jovens a criarem seus projetos de vida, o interesse e a necessidade de entender como fazer isso na escola aumentou.

Para auxiliar os professores na tarefa de planejar aulas para abordar esse tema, o Porvir e o Instituto iungo lançaram esta semana o Planejador de Aulas (planejadordeaulas.org.br), uma plataforma gratuita que traz um ambiente onde o professor pode tanto construir seus planos de aula de projetos de vida, quanto ter acesso a uma galeria de planos produzidos pelo Instituto iungo e por outros educadores.

Conheça a série de relatos de prática – Projetos de Vida no ensino médio
Saiba mais sobre projetos de vida na escola na série temática criada pelo Instituto iungo

“Preparamos uma ferramenta que apresenta aos professores e professoras todas as etapas necessárias para a construção de um plano de aulas de projetos de vida, da escolha dos temas que devem ser trabalhados até as atividades que serão desenvolvidas em sala de aula. E para cada dessas etapas também foram criadas dicas de preenchimento”, explica Tatiana Klix, diretora do Porvir.

Segundo Paulo Andrade, diretor de educação do Instituto iungo, a escola é um local onde as pessoas vão para se conhecer e também para construir projetos que podem ser vistos como bússolas para suas vidas. Trazer intencionalidade pedagógica e traçar objetivos para cada estudante demanda planejar, ou seja, traçar um “mapa de intenções”.

“Planejar é um papel essencial para o educador. É como ele prevê materiais, a forma de organizar o grupo, o espaço, como vai mobilizar o estudante, ensinar determinados conhecimentos, etc. Planejar é uma ação fundamental no processo de ensino e aprendizagem”, destaca Paulo. Em outras palavras, ele defende que é uma forma de estruturar a aula. “Nesse sentido, o Planejador de Aulas é uma ferramenta que ajuda a levar conceito, ideia e reflexão para a prática. Fazer tudo aterrissar na sala de aula”, diz.

Entre os conceitos importantes do trabalho com projetos de vida está o entendimento de suas dimensões: uma pessoal, que trata sobre o autoconhecimento dos estudantes, sobre suas identidades; outra dimensão social, que diz respeito às relações que estabelece com outras pessoas e com seu meio; e uma terceira dimensão voltada à vida profissional. Por isso, uma das etapas que o professor deve passar no planejador é justamente a escolha da dimensão que será abordada no plano de aula.

“A escola é um espaço onde o jovem pode conhecer a si mesmo e sua identidade, estabelecer relações transformadoras com seu meio e se perceber como alguém que, no futuro, vai atuar profissionalmente, aí ele pode ampliar seu entendimento das várias possibilidades, caminhos, oportunidades de estudo e assim por diante”, completa Paulo.

A ferramenta também traz sugestões de temas para serem trabalhados que têm relação com competências da BNCC. O objetivo é facilitar que os planos criados na plataforma sejam coerentes com currículos usados em suas redes, além de facilitar que outros usuários encontrem planos de aulas com temas semelhantes com os quais já trabalham e que conversem.

“Nas dicas que trazemos, falamos da importância de definir temas que estejam alinhados aos interesses dos estudantes, mas também ao currículo e projeto pedagógico da escola”, diz Samuel Andrade, educador e líder da frente de Materiais Pedagógicos do Instituto iungo.

Com o Planejador de Aulas, o educador também consegue recorrer a planos já criados por pares e unir esforços em um trabalho colaborativo.

“Levando em conta que a elaboração desse plano [de aula] demanda a costura de uma gama de saberes, entendemos que um trabalho colaborativo traz muita força para esse processo. As pessoas planejando juntas são capazes de construir novas ideias, apoiar a criatividade uma das outras e trazer problematizações sobre o que estão propondo”, aponta Samuel.

Outra funcionalidade do planejador é a Galeria de Experiências, que traz relatos publicados no Porvir de professores que já trabalham com projetos de vida e que podem servir de inspiração para quem está iniciando. “Eles compartilham práticas já implementadas, com bons resultados, acompanhadas de depoimentos muito interessantes. Mostram que além do trabalho com projetos de vida ser muito importante para os jovens, também é muito gratificante para os educadores”, afirma Tatiana.

Para criar planos é necessário apenas se cadastrar na plataforma e começar a utilizá-la. Todos os usuários têm acesso à área Meus Planos, onde poderão armazenar seus planos ainda inacabados ou os já concluídos. Eles também podem salvar planos em PDF ou publicá-los na Galeria de Planos, para que outras pessoas possam se inspirar em planejamentos.

Já estão disponíveis na plataforma planos criados pelo Instituto iungo, como “Campos profissionais e escolhas juvenis”, que visa ampliar o repertórios dos estudantes sobre o mundo do trabalho, os Biogifs do Conhecimento, que incentivam a utilização de GIFs e memes e trabalha o autoconhecimento e Stand Up Ético, que desafia os estudantes a criarem peças de comédia no formato stand up.


Projete-se: o podcast sobre projetos de vida na escola

Listen to “Projete-se | Projetos de vida na escola” on Spreaker.


TAGS

ensino fundamental, ensino médio, formação continuada, personalização, projeto de vida

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação