No Pantanal, Escolas das Águas se adaptam ao regime das cheias - PORVIR

Saiu na Mídia

No Pantanal, Escolas das Águas se adaptam ao regime das cheias

por Redação ilustração relógio 28 de julho de 2016

Para alguns pode parecer estranho, mas no Pantanal, quem dita a rotina da região são as águas. E é claro que isso não exclui as escolas. Até pouco tempo atrás, filhos de agricultores, pescadores, peões e pequenos proprietários de terra não conseguiam frequentar a escola no período de cheia devido a dificuldade de locomoção.

Mas a situação mudou com a fundação das Escolas das Águas, localizadas em uma região mais baixa de Corumbá, no Mato Grosso do Sul. A divisão entre escolas da Terra e das Águas aconteceu em 1997. Segundo a coordenadora de projetos na ECOA Ecologia e Ação, uma ONG que desenvolve ações nas comunidades, a divisão facilitou a gestão das escolas.

Além de incorporar a cultura ribeirinha no currículo, as escolas seguem um cronograma próprio. Para muitos alunos, chegar na escola implica uma viagem de mais de seis horas de barco. Por isso, a maioria dos estudantes mora na escola durante todo o bimestre, assim como parte dos professores.

Saiba mais sobre as Escolas das Águas aqui.

 


Leia a matéria original em Carta Educação

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação