Porvir lança guia especial sobre Educação Mão na Massa - PORVIR
por Larissa Alves

Inovações em Educação

Porvir lança guia especial sobre Educação Mão na Massa

por Redação ilustração relógio 21 de novembro de 2016

O Porvir lançou no dia 10 de novembro um guia temático sobre Educação Mão na Massa, uma das tendências que estão transformando a escola. Produzido em parceria com MundoMaker e WE FAB, o especial traz o conceito de Educação Mão na Massa, experiências práticas, ferramentas, podcasts com especialistas e recursos para apoiar quem deseja trabalhar com a tendência na escola.

Desde o ensino fundamental ao superior, é possível mudar a sala de aula para aprender mais, melhor e sem descuidar dos custos. A imersão no tema começa com a experiência da escola técnica Joaquim Antônio Albano, de Fortaleza (CE), que aproximou alunos das aulas de física com lançamentos de foguete feitos com garrafas plásticas gastando muito pouco. Saindo do mais simples, pode-se chegar até o exemplo do Mão 3D, um projeto de extensão da UNIFESP (Universidade Federal de São Paulo) que reúne estudantes de diferentes áreas para construir próteses que auxiliam na reabilitação de amputados em São José dos Campos (SP).

Errar faz bem, é o que dizem no mundo dos negócios e do empreendedorismo. No caso dos estudantes do colégio FAAT, em Atibaia (SP), a aprendizagem por tentativa e erro fez com que o projeto de um jogo de memória para crianças com deficiência intelectual evoluísse de maneira significativa. O caso é acompanhado por um ciclo da invenção que o Porvir já havia publicado, mas que agora ganhou vida.

Uma das maneiras de colocar a mão na massa de maneira organizada, em que o aluno é avaliado constantemente, é por meio dos projetos. Eles estão presentes na premiada Escola Técnica Estadual Cícero Dias /NAVE (Núcleo Avançado em Educação) do Recife (PE), em atividades de animação multimídia e construção de jogos e aplicativos. Já na rede High Tech High, na Califórnia (EUA), isso faz parte da cultura que move gestores, professores e alunos. O currículo conversa com o mundo real e os estudantes investigam problemas da comunidade para fazer uma apresentação ao final do semestre relatando ao público o que aprenderam. E se o professor ficar com alguma dúvida de como levar a metodologia para sua aula, o infográfico explica as regras para o projeto rodar sem sustos.

A educação também precisa se preocupar em intervir para reduzir preconceitos e distâncias sociais. No projeto Educom.geração.cidadã.2016, promovido pela ABPEducom (Associação Brasileira de Pesquisadores e Profissionais da Educomunicação), do NCE (Núcleo de Comunicação e Educação da USP), com profissionais da Diretoria Regional de Educação Campo Limpo de São Paulo e pelo Núcleo de Educomunicação da Secretaria Municipal de Educação de São Paulo, a educomunicação tem sido a estratégia. Alunos do CEU EMEF Casa Blanca e do Colégio Dante Alighieri produziram um vídeo para convidar outras escolas a derrubar barreiras e conhecer realidades diferentes como eles fizeram.

Mas aprender experimentando não é algo restrito ao ambiente escolar. Em Belo Horizonte (MG), uma comunidade chamada BH Arduiners Meetup está perto de completar três anos de vida e já soma 900 integrantes que se reúnem para resolver desafios de eletrônica, programação, robótica e prototipação. Já em Manaus (AM), a equipe de robótica Vozes da Floresta é formada por crianças que usam a tecnologia para chamar a atenção das pessoas para a natureza.

Na sequência, o guia trata dos Fab Labs, espaços que geram grande curiosidade, seja da comunidade maker ou da escolar. Visitamos o Fab Lab Escola Sesi para gravar um vídeo 360º com alunos de diferentes turmas trabalhando juntos em seus projetos, seja na impressora 3D, na cortadora a laser ou em circuitos eletrônicos. Além disso, no exemplo do CEU EMEF Parque Anhanguera, mostramos como o ensino público pode se beneficiar de espaços já existentes para colocar alunos em contato direto com a prática e a tecnologia.

Assim como todo o conteúdo do Porvir, o guia sobre Educação Mão na Massa está licenciado em Creative Commons e pode ser reproduzido livremente.

 

 

 


TAGS

aprendizagem baseada em projetos, educação mão na massa, programação, robótica, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação