Prêmio Professor Transformador recebe mais de mil projetos focados na BNCC - PORVIR
Credito: Reprodução

Blog

Prêmio Professor Transformador recebe mais de mil projetos focados na BNCC

Prêmio organizado pela Base2Edu e Bett Educar se destaca pela conexão com as diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular) e entra agora na fase de avaliação de projetos, revelando a capacidade empreendedora de professores de todo o Brasil

por Conteúdo Patrocinado - BASE2EDU ilustração relógio 10 de dezembro de 2019

O Prêmio Professor Transformador, lançado para destacar projetos inovadores desenvolvidos por professores da Educação Básica de todo o País, em conformidade com as diretrizes da BNCC (Base Nacional Comum Curricular), apresenta o balanço de participações relativas à sua primeira edição. Ao todo, mais de 1.200 projetos foram inscritos, sendo a maioria (35%) protagonizada por educadores que lecionam em turmas das séries finais do ensino fundamental.

Em segundo lugar, figuram as iniciativas voltadas ao ensino médio, com 28% do total de projetos inscritos. Depois, as ações conduzidas por professores do ensino fundamental 1 (25%) e da educação infantil (12%). Recebidas as mais de 1.200 inscrições, tem início agora a fase de avaliação dos projetos participantes. Os vencedores do 1º Prêmio Professor Transformador devem ser divulgados em março de 2020 e a cerimônia de premiação ocorrerá durante a próxima Bett Educar, considerada o maior evento de Educação e Tecnologia da América Latina e que será realizada de 12 a 15 de maio de 2020, em São Paulo (SP).

O Prêmio Professor Transformador é organizado em conjunto pela BASE2EDU, rede que conecta e fortalece profissionais e iniciativas voltadas à transformação da Educação; e pela organização da Bett Educar. Ao todo, quatro categorias serão avaliadas: Professor transformador da Educação Infantil; Professor transformador do ensino fundamental 1; Professor transformador do ensino fundamental 2; e Professor transformador do ensino médio.

Além da necessidade de estarem alinhados à BNCC, os projetos inscritos devem buscar promover as habilidades do século 21 e reconhecer a diversidade, contribuindo para atingir as metas dos ODS (Objetivos do Desenvolvimento Sustentável). Os segundos e terceiros colocados em cada categoria irão receber R$ 2.5 mil e a oportunidade para apresentar suas iniciativas na edição 2020 da Bett Educar. Já os primeiros colocados de cada categoria receberão prêmios de R$ 7 mil, além de uma viagem para participar da Bett Educar 2021 em Londres, Inglaterra.


TAGS

competências para o século 21, educação infantil, ensino fundamental, ensino médio, prêmios

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação