Programa de residência pedagógica seleciona estudantes de licenciatura - PORVIR
Crédito: nys / Fotolia.com

Inovações em Educação

Programa de residência pedagógica seleciona estudantes de licenciatura

Primeira edição do CO.Letivo será realizada no segundo semestre de 2019 em escolas públicas e privadas de São Paulo (SP)

por Redação ilustração relógio 26 de abril de 2019

Enquanto o dia a dia do professor exige novas metodologias e readaptação constante para melhorar o aprendizado dos alunos, os cursos de licenciatura continuam distantes da prática. E muitas das lacunas da formação inicial só são percebidas quando o profissional se depara com a realidade da escola. Para fazer uma ponte entre a teoria e a realidade de sala de aula de educação básica, o programa de residência pedagógica CO.LETIVO, do Instituto Canoa, uma instituição sem fins lucrativos que atua na área de formação de professores, oferece a estudantes de licenciatura uma imersão na prática docente que alia orientação por mentores e encontros formativos de reflexão sobre a prática.

Em sua primeira edição, o CO.LETIVO será realizado entre julho e dezembro de 2019 em São Paulo (SP). O processo seletivo (veja abaixo como participar) deve abrir até 32 vagas para residentes e metade desse número para mentores.

Até o momento, o Instituto Canoa tem parceria fechada com a Escola Estadual Carlos Maximiliano Pereira dos Santos (Vila Madalena) e a Escola Estadual Alexandre Von Humboldt (Lapa). Entre as privadas, o único nome confirmado é o da Escola Santi, e o instituto planeja fechar com pelo menos mais uma instituição.

Leia mais:
 Guia Personalização do Ensino
Série Inovação na Formação de Professores
O que é ser um bom professor?

Estrutura do programa

Após uma formação inicial entre 22 e 26 de julho, com 8 horas diárias, o programa de residência pedagógica vai à sala de aula a partir de agosto, em um processo que dura até dezembro e garante R$ 400 mensais aos participantes. O CO.LETIVO exige uma dedicação de 12 horas semanais, sempre no período matutino.

Nas atividades dentro das escolas, os residentes terão a chance de aprender por meio de observação de seus mentores em ação, além de planejar e conduzir aulas de forma colaborativa, o que demanda 8 horas por semana.

A proposta da residência pedagógica também inclui um encontro semanal de 4 horas na sede do CO.LETIVO para troca de experiências e estudo de temas como: gestão e organização da sala de aula; identidade e desenvolvimento do adolescente; ensino centrado no estudante; planejamento e práticas de sala de aula; e avaliação.

Prerrequistos para as vagas de mentores:
– Professores de escola pública ou particular, com pelo menos três anos em sala de aula, que estejam lecionando em escolas de São Paulo, capital;
– Reconhecidos, em suas comunidades escolares, pela qualidade de suas práticas;
– Interessados em contribuir com o desenvolvimento profissional de professores iniciantes;
– Abertos a refletir sobre sua própria prática e dispostos a um desenvolvimento profissional constante;
– E que buscam integrar uma comunidade profissional de aprendizagem.
Inscrições: http://sgiz.mobi/s3/CO-LETIVO até o dia 29/04.

Prerrequistos para as vagas de residentes:
– Aluno(a)s de licenciatura (de todas as áreas), cursando a partir do 2º ano da graduação em São Paulo, capital
– Que desejam investir em seu desenvolvimento profissional e seguir uma carreira docente na educação básica
– Que acreditam no diálogo entre a pesquisa e a prática
– Que tenham coragem e abertura para se desenvolver em processos de coinvestigação
– Que desejam fazer parte de uma rede profissional colaborativa
Inscrições: https://www.surveygizmo.com/s3/4886604/CO-LETIVO até o dia 15/05.


TAGS

ensino fundamental, ensino médio, formação continuada

1
Deixe um comentário

avatar
500
1 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
1 Autores
kriz Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
kriz
Visitante
kriz

favor corrigir urgente a grafia da palavras pré-requisito. deve-se utilizar o hífen, conforme o acordo ortográfico vigente.