Saiba conciliar o trabalho em casa e as aulas remotas dos filhos - PORVIR
Crédito: fizkes/iStockPhoto

Inovações em Educação

Saiba conciliar o trabalho em casa e as aulas remotas dos filhos

Precisamos manter a produtividade e a disciplina dos nossos filhos nesse momento que devemos ficar em casa, pois a maioria dos comportamentos infantis é aprendida por meio da imitação

Parceria com TEC Educação

por Karin Bastos ilustração relógio 16 de junho de 2020

A epidemia do novo coronavírus no Brasil apresentou à população uma situação atípica. O isolamento impõe uma forma totalmente nova de vivência e uma quebra brusca na rotina, tanto dos adultos que adotaram o home office em grande parte, quanto das crianças que passam o dia em casa.

Trabalhar em casa tendo filhos, sejam crianças ou adolescentes é um grande desafio para poder conciliar as tarefas profissionais, mantendo a rotina, a disciplina, o desenvolvimento e interesse por estudar e continuar estimulado como se estivessem em uma sala de aula, porém em casa existem inúmeras distrações.

Leia mais:
Cozinha: um laboratório dentro de casa
Alunos desbravam a cozinha da escola em projeto mão na massa
– Longe do laboratório, turma de fundamental 1 pratica ciências na cozinha
– Revolução Deliciosa leva alunos para a horta
– Espaço maker e o fim da era do laboratório de informática

Sabemos que conseguir realizar as atividades no tempo da criança, quando ela ainda é pequena é complicado, pois quando acaba uma tarefa ela precisa de uma sequência para poder se manter concentrada no que está fazendo, além disso ao final irá querer mostrar o resultado, é onde se encaixa a interação familiar.

Precisamos manter a produtividade e a disciplina dos nossos filhos nesse momento que devemos ficar em casa, pois a maioria dos comportamentos infantis é aprendida por meio da imitação, da experimentação e da invenção, principalmente tendo os pais como exemplo.

É preciso lembrar que uma criança, quando faz algo pela primeira vez, sempre olha em volta para ver se agradou alguém. Se agradou, repete o comportamento, pois entende que agrado é aprovação, e ela ainda não tem condições de avaliar a adequação do seu gesto.

A força dos pais está em transmitir aos filhos a diferença entre o que é aceitável, entre o que é essencial e supérfluo, e assim por diante.

É de extrema importância à educação saber estabelecer limites e valorizar a disciplina. E para isso é necessária a presença de uma autoridade saudável. O segredo que difere autoritarismo do comportamento de autoridade, adotado para que a outra pessoa (no caso, filho) torne-se mais disciplinado está no respeito à auto-estima, gerenciando os conflitos onde o diálogo sempre prevaleça, mas precisando ser firmes principalmente na rotina das crianças para se desenvolverem e perceberem que tudo tem sua hora para acontecer. Por isso o dia é dividido em etapas, dependendo da faixa etária da criança, mostre como é o seu planejamento no trabalho, que você tem regras e horários a cumprir, respeitando as pessoas que trabalham com você e para se manter no emprego precisa ter disciplina e entregar as tarefas solicitadas.

Com isso planeje as atividades de acordo com a idade, intercalando com os conteúdos escolares e tarefas lúdicas, onde possa exercitar o corpo e tarefas mais mão na massa, onde a criança crie uma conexão com o que está realizando e ainda assim manter seu interesse em novos conhecimentos.

Contudo é necessário mostrar que as tarefas precisam ser seguidas conforme está escrito, não podendo ser mudadas e nem deixadas para o dia seguinte, que o seu filho irá assistir televisão, jogar games, mexer no celular, mas que para isso também há um tempo. Redirecione as mídias sociais para continuarem produzindo de forma útil e desenvolvendo habilidades, quando por exemplo estiver vendo um site com conteúdos educativos. O equilíbrio entre a responsabilidade de manter a rotina, a disciplina e o lazer nessa fase que nos encontramos é muito importante para continuarmos estimulando nossos filhos a saírem da “caixinha”, a se motivarem, a se desafiarem e não somente estarem passando o tempo, relembrando que esse período não são férias, precisamos manter a mente e corpo dos nossos filhos saudáveis e produtivos.

Se nossos filhos são adolescentes já podemos ter uma conversa um pouco diferente, demonstrando a importância de não só nos entretermos com redes sociais, como a necessidade da disciplina, entendendo que os adolescentes necessitam mais da interação coletiva com os colegas, pois é uma fase de intensas transformações

É um período de construção e reconstrução de identidade, em que se faz presente a emergência de novos papéis sociais e culturais, em razão da passagem da adolescência para a vida adulta não depender apenas dos aspectos biológicos, mas envolve muito mais elementos de base emocional e uma maturidade psicossocial, onde os adolescentes convivem mais em grupos, estão na fase da aceitação social, “como o outro me vê”, “o que os outros pensam de mim”, então a necessidade de estar conectado, de se expor nas mídias sociais só aumentam, ainda mais tendo que ficar em casa por estarmos passando por uma pandemia trazida pela COVID-19.

O adolescer configura-se como um período marcado por conflitos na vida das pessoas, devido à consolidação de identidade e por ser uma fase em que muitos problemas relacionados à autoestima e autoimagem podem emergir. Portanto, o papel dos pais é criar uma rotina envolvendo as atividades escolares, associados às tarefas de casa, alternando com o lazer e principalmente conversando que entende a necessidade de estarem juntos dos colegas, de estarem conectados, mas esclarecendo que as redes sociais possuem armadilhas, além de precisar tomar cuidado com nossas informações, podemos acabar querendo viver uma vida que não é a nossa, uma vida através das telas, por estarem em uma fase que precisam ser vistos e estarem postando algo o tempo todo.

E são todos estes aspectos que virão a determinar grande parte da identidade desse jovem, tendo os pais não só como espelhos mas principalmente como mediadores da maneira de como esse adolescente irá se posicionar diante da vida, cada um de uma forma muito pessoal.

Veja aqui algumas dicas para se planejar com seus filhos em casa:

– Escreva em uma folha ou quadro as atividades básicas;
– Determine o tempo e horário para cada atividade;
– Delegue tarefas. Divida as atividades de acordo com as faixas etárias;
– Utilize a tecnologia ao seu favor, para otimizar o seu tempo. Siga nossas dicas no @tec.educacao
– Seja organizado;
– Promova a disciplina, não é só o seu filho que precisa ser, você pai e mãe também devem seguir corretamente o planejamento com alterações somente se necessário;
– Pense antes de agir. Sei que nesse momento se distrair é fácil, mas vamos manter o foco até mesmo para os nossos pequenos saberem a direção;
– Verifique e revise no seu planejamento se há alguma atividade improdutiva, que possa ser substituída por outra que vá lhe render mais conhecimento;
– Veja quais conteúdos a escola do seu filho está pedindo, inclua no planejamento dele;
– Determine as horas de lazer – Intercale com os estudos;
– Determine algumas atividades físicas que possam ser feitas em casa;
– Dentro do possível e com as devidas orientações de higienização e afastamento, conecte com sua família, vendo um filme, fazendo as refeições juntos, conversas aleatórias, para manter a união familiar.


Referências:

Homeschooling Brasil. O que é Homeschooling.
Santos, A. Administrador.com A disciplina é a base para o sucesso pessoal e profissional
Detlinger, J. Pais e filhos, UOL. Home office: como ser mais produtivo trabalhando em casa com os filhos.
Revista Crescer. Coronavírus: aulas dos filhos foram suspensas, mas nem todas as mães podem fazer home office

Quer receber conteúdos exclusivos sobre atividades para fazer em casa e conhecer mais sobre a TEC Educação?
Clique e acesse

TEC Educação

TAGS

carreira, engajamento familiar

1
Deixe um comentário

avatar
500
1 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
1 Autores
Leandro Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Leandro
Visitante
Leandro

Olá pessoal do Porvir, gostei muito dessas informações, o que me ajudou a começar a vender foi esse e-book do link, ele ensina como preparar os alimentos da cozinha de casa e vender por aplicativos de entregas :D
https://bit.ly/ebook-transforme-a-cozinha-da-sua-casa-em-um-restaurante-online