Startup promove Olimpíada Digital de Matemática - PORVIR
Crédito: tostphoto/Fotolia.com

Inovações em Educação

Startup promove Olimpíada Digital de Matemática

Presente em redes públicas e privadas, plataforma Matific abre competição para alunos de educação infantil ao 6º ano do ensino fundamental

por Redação ilustração relógio 24 de agosto de 2018

A empresa israelense Matific está com inscrições abertas para sua primeira olimpíada digital de matemática, que acontecerá entre 26 de setembro e 9 de outubro. O torneio tem participação gratuita e é destinado a todos os alunos da educação infantil até o 6º ano do ensino fundamental, da rede pública e privada, com idades entre 5 e 11 anos (veja o regulamento).

Serão premiadas as três escolas que obtiverem o maior número de acertos nos jogos propostos, além de professores e alunos com melhor desempenho na plataforma. No total, serão oferecidos R$ 150 mil reais em prêmios e em dinheiro. Os alunos ou classes só vão competir contra outros do mesmo ano/série. A expectativa dos organizadores é atingir a adesão de cerca de 1 milhão de alunos no Brasil para o torneio.

Atualmente, a plataforma está presente em escolas públicas de Minas Gerais, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e São Paulo. Entre os colégios privados, sua atuação é concentrada em colégios de São Paulo, com nomes como Rio Branco, Arquidiocesano (Marista), Beit Yaacov, Miguel de Cervantes, Alef Peretz, Mackenzie, Santa Cruz e Mater Dei.

Como funciona

A Matific usa objetos comuns em ambientes comuns com os quais as crianças podem se conectar com os conceitos da matemática. A plataforma não pune as crianças por erros, mas as estimula a experimentar e brincar, promovendo a compreensão.

Tudo é organizado em episódios, ou seja, um grupo de tarefas orientadas por jogos e projetadas para transmitir um conceito, habilidade ou percepção matemática. Cada episódio envolve a criança de 5 a 15 minutos.

Com um algoritmo adaptativo, as crianças podem se reconectar com conceitos fundamentais cada vez mais difíceis, além de reforçar as habilidades aprendidas anteriormente.

 


TAGS

aplicativos, empreendedorismo, plataformas adaptativas

1
Deixe um comentário

avatar
500
1 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
1 Autores
Rafael Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Rafael
Visitante
Rafael

A Plataforma MangaHigh também está com a 4ª Copa Brasil de Matemática e com acesso gratuito para todas as escolas e alunos. O acesso é gratuito e atende todo o ensino fundamental (1° ao 9° ano). Link: https://competition.mangahigh.com/copabrasil