Universitários usam jogo para aprender a tomar decisão - PORVIR
Denis Diosanto/Porvir

Inovações em Educação

Universitários usam jogo para aprender a tomar decisão

Criado por professores espanhóis, Quantum permite que alunos realizem competições como se fossem gerentes

por Vagner de Alencar ilustração relógio 4 de maio de 2012

Pesquisadores da Universidade Carlos III de Madrid, na Espanha, desenvolveram um jogo que simula estrategicamente o comércio internacional. No Quantum, os estudantes podem competir como se fossem gerentes de marketing de uma grande empresa.

O software educativo permite que seus usuários assimilem conceitos fundamentais sobre a tomada de decisões e direção estratégica de marketing de uma companhia. Além disso, possibilita que desenvolvam habilidades práticas na gestão de empresas que operam em mercados internacionais.

O objetivo da ferramenta é unir teoria e prática. Isso acontece por meio das competições entre empresas, que são gerenciadas por equipes de alunos, a partir das pesquisas que desenvolvem em seus cursos.

Segundo os criadores da ferramenta, o Quantum apresenta várias vantagens em relação a outros simuladores. Algumas delas são: estar disponível em inglês e espanhol; ser de fácil uso entre alunos e instrutores; ter interface amigável com o Windows; permitir uma competição nacional ou internacional (no ambiente internacional, prevê dois cenários: a capacidade de exportar e a deslocalização da produção); armazenar até 20 estudos de mercado por país, com mapas de testes de produto e mercado.

Para os criadores do software, “a profissão de marketing exige que os gerentes de negócios entendam esses conceitos e tenham habilidades suficientes para usá-los em ambientes dinâmicos e competitivos”.

A ferramenta possui diferentes níveis de complexidade e pode ser utilizada para cursos de graduação, pós-graduação ou executivos. De acordo com a criadora do software, Mercedes Esteban Bravo, o método vem atraindo a atenção de outras universidades e instituições de negócios, nacionais e internacionais, que querem incluir o jogo em seus programas de ensino.

Saiba aqui como funciona a ferramenta.


TAGS

jogos

1
Deixe um comentário

avatar
500
1 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
1 Autores
Zélia Oliveira Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Zélia Oliveira
Visitante
Zélia Oliveira

Olá! Que bacana! Estou desenvolvendo um projeto voltado para empresas, estudantes e sociedade. E minha intenção é utilizar jogos educacionais como forma de incentivar a leitura, capacitação pessoal e profissional além de práticas sustentáveis.