Webinário com Mitchel Resnick marca lançamento de livro sobre aprendizagem criativa no Brasil - PORVIR
Crédito: media.mit.edu

Inovações em Educação

Webinário com Mitchel Resnick marca lançamento de livro sobre aprendizagem criativa no Brasil

Confira os destaques do evento online promovido pelo Porvir e pela RBAC (Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa)

por Beatriz Cavallin ilustração relógio 1 de julho de 2020

Em um webinário promovido pelo Porvir e pela RBAC (Rede Brasileira de Aprendizagem Criativa) que contou com mais de 1200 inscritos, Mitchel Resnick, professor e pesquisador do MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts), conversou com educadores e interessados em educação para o lançamento no Brasil do livro “Jardim de Infância para a Vida Toda”.

Leia mais: 
Guia traz orientações para professores se aprofundarem no Scratch

No evento online de cerca de uma hora de duração, Resnick falou sobre a importância da aprendizagem criativa e mão na massa para crianças de diferentes idades. Abaixo, destacamos alguns trechos da conversa:

Sobre a importância do jardim de Infância
“A gente não sabe exatamente como vai ser o mundo quando as crianças crescerem. Para prepará-las para o amanhã, o mais importante é que desenvolvam o pensamento criativo, para assim conseguirem agir e pensar  em soluções inovadoras para situações com as quais vão se deparar. O livro prepara as crianças para essa jornada em uma sociedade que vai cada vez mais exigir este tipo de atitude”.

“Depois do jardim de infância as crianças passam muito tempo sentadas numa carteira preenchendo atividades e ouvindo aulas expositivas. Claro que é possível aprender dessa maneira, mas assim elas já não estão mais sendo desenvolvidas como pensadores criativos. A maior parte do processo escolar não permite que as crianças desenvolvam as habilidades necessárias para serem bem-sucedidas e felizes”.

“A gente deseja que o restante da vida escolar se torne mais parecido com o jardim da infância. E o livro “Jardim de Infância para a Vida Toda” é sobre isso:  como podemos fazer com que crianças de todas as idades se desenvolvam como pensadores criativos?”

A influência de Seymour Papert em seu trabalho
“Eu fui inspirado pela maneira como ele enxergava e tratava as crianças, e como ele via a aprendizagem. O Seymour sempre esteve focado em dar oportunidades para as crianças desenvolverem todo seu potencial, aprenderem de acordo com seus interesses, explorarem suas ideias e criarem uma maneira própria de se expressar. Para mim é dessa maneira que devemos tratar as crianças para que elas se sintam mais bem preparadas para o futuro”.

O Scratch [linguagem de programação] é uma maneira das crianças trabalharem em projetos baseados  em suas paixões e na colaboração com os colegas, em um espírito de brincadeira.  Ele é uma experiência de aprendizagem criativa que permite às crianças transformarem o sonho em realidade”.

Tecnologia para a aprendizagem criativa
“É importante enfatizar que existem muitas maneiras de engajar as crianças em experiências de aprendizagem criativa sem tecnologia de ponta. Se a criança fizer um castelo de areia, essa é uma aprendizagem criativa. Se pintar um quadro, é uma aprendizagem criativa. As atividades tradicionais da infância têm várias maneiras para as crianças se expressarem de maneira criativa e se desenvolverem como pensadores criativos”.

“Com o computador, as crianças podem criar coisas dinâmicas que interagem e que são animadas. Porém, o mais importante não é a ferramenta que vai ser utilizada, mas garantir que a criança tenha a oportunidade de desenhar, fazer, e criar coisas nas quais ela pode se expressar”.

Papel do professor na aprendizagem criativa
“Na aprendizagem criativa, o papel do professor muda daquela pessoa que está só passando informações, para alguém que está apoiando, explorando e experimentando. Você pode começar com pequenas mudanças, por exemplo, permitindo que as crianças desenvolvam algo baseado em seu interesse. Ao invés  de todas as crianças fazerem a mesma coisa, permita que personalizem algumas atividades.  As crianças vão aprender mais e ficar mais motivadas quando estão trabalhando em projetos significativos. Por isso, é importante prestar atenção aos seus interesses e desenvolver algo a partir deles”.

“O pensar brincando não é só dar risada e se divertir, é uma situação em que a criança está disposta a experimentar coisas novas sem ter medo de cometer erros”.

“É muito importante fazer com que as crianças se sintam empoderadas para que tenham consciência de que podem fazer uma diferença no mundo. Se estamos buscando uma sociedade mais justa e igualitária, precisamos que as crianças cresçam sentindo que elas podem fazer a diferença”.

Futuro do Scratch
“A gente precisa ter certeza de que a tecnologia seja utilizada de maneira democrática e justa para empoderar, permitir a expressão de diferentes vozes e garantir que as pessoas cresçam com um papel ativo na sociedade”.

“É preciso ter certeza que as crianças de todos os cantos possam conectar o Scratch a coisas que são significativas e conectadas a sua própria cultura. Eu acho que esse vai ser o futuro do Scratch, onde você pode criar sua própria imagem, trazer histórias locais e contar sua própria de modo que tudo seja significativo para quem estiver a sua volta”.

“O que a gente tem que fazer é apoiar e nutrir essas linguagens das crianças, para que quando forem adultas continuarem a se expressar pela arte, pela música, pela escrita e de várias outras formas para levar suas ideias para o mundo”.


TAGS

aprendizagem criativa, cri, programação, scratch, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação