20 COMENTÁRIOS // 

Educação 3.0: sala de aula X ambiente de trabalho

Jim Lengel, consultor e professor da Universidade de Nova York, espera que a salas de aulas mudem radicalmente nos próximos anos. Nada de cadeiras enfileiradas, um quadro negro e um professor transmissor de conteúdo. A aposta é que existam novas configurações e espaços de aprendizagem, em grupo, individualmente, na rua, na biblioteca, em ambiente on-line, sempre usando muita tecnologia e até em horários alternativos e mais independentes. Lengel é especialista em Educação 3.0. Para ele, o conceito diz respeito às escolas que estão contextualizadas com o mundo atual, com as novas tecnologias, com as demandas e questões que enfrentamos no dia a dia e que estão acompanhando as mudanças no processo de ensino-aprendizagem e nas relações professor-aluno.

Em palestra recente no Brasil, durante o InovaEduca3.0, o especialista fez um paralelo entre escola e ambiente de trabalho. Será que os estudantes de hoje estão sendo preparados para sobreviver nos espaços de trabalho atuais? Eles saberão usar todas as ferramentas necessárias para chegar à informação? Estão preparados para resolver problemas complexos? Saberão trabalhar em grupo, de forma colaborativa? Ao que parece, as salas de aula atuais ainda seguem um modelo “linha de produção” criado durante a Revolução Industrial e que já não corresponde mais às demandas contemporâneas.

Confira a provocação do professor sintetizada no infográfico abaixo.

Este post foi atualizado no dia 1/10/2012, às 11h48

Comentar Comentar via Facebook