Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

NLshop / Fotolia.com

Inovações em Educação

Rede social acadêmica aproxima universidades e ex-alunos

Criada por uma startup brasileira, KampusClub ajuda instituições que desejam engajar e acompanhar o desenvolvimento de egressos

por Marina Lopes 1 de junho de 2017

Como grande parte dos jovens que concluem a universidade, o paulista Robson Kerner teve todas as incertezas de um recém-formado: Conseguirei um trabalho? Estou preparado para o mercado? E se eu tiver dúvidas? Para superar essa fase, ele teve a ideia de criar uma rede social que aproxima ex-alunos e instituições de ensino superior.

Com a proposta de melhorar a política de egressos das universidades, a plataforma KampusClub reúne ferramentas que facilitam o contato de ex-alunos com a instituição, professores e colegas. Na rede social acadêmica, os participantes também podem acessar materiais de estudo, participar de grupos de discussão e até mesmo buscar vagas de emprego.

A plataforma começou a ser idealizada em 2012, logo após Kerner concluir a graduação em análise de desenvolvimento de sistemas, no Grupo Unis, em Minas Gerais. “Eu estava muito acostumado a ter o suporte da universidade. Usava muito a biblioteca e todos os seus recursos. Quando me formei, fiquei sem saber o que fazer”, lembra o empreendedor.

Depois de passar um ano tentando entender qual seria a melhor maneira de aproximar universidades e ex-alunos, ele resolveu bater na porta da mesma instituição em que se formou. “Eu procurei eles de volta para conversar e decidimos fazer uma parceria”, conta. Da experiência piloto no Grupo Unis, a rede social acadêmica começou a ser utilizada por 13 instituições. Hoje já são 25 mil usuários cadastrados.

Além de apoiar estudantes recém-formados, Kerner diz que a plataforma possibilita manter atualizado o cadastro de egressos. Com isso, a universidade consegue saber se os ex-alunos estão trabalhando na sua área de formação ou decidiram seguir um novo caminho. “Nos espelhamos em faculdades norte-americanas como Harvard, que hoje tem boa parte do seu faturamento gerado por doações de ex-alunos. Ela prepara a pessoa para ser a melhor na sua área, mas depois pede uma ajuda”, exemplifica.

Apresentada durante a feira Bett Educar 2017, em São Paulo, a plataforma KampusClub pode ser adquirida por planos de assinatura mensais. Para instituições de até mil alunos, os pacotes variam entre R$119 e R$470, conforme o número de ferramentas disponíveis para acesso dos estudantes. As universidades também podem contratar um plano personalizado, que inclui apoio para auxiliar o desenvolvimento de ações de engajamento de egressos.

TAGS

bett educar, ensino superior, negócios de impacto social, tecnologia