'A minha aula rompeu as paredes da escola' - PORVIR
Crédito: The Last Word / Fotolia.com

Diário de Inovações

‘A minha aula rompeu as paredes da escola’

Professora de ciências e biologia utilizou plataformas digitais para passar conteúdos para alunos estudarem em casa

por Andréa Barreto ilustração relógio 26 de novembro de 2014

Sou professora de ciências e biologia das redes pública e particular da cidade do Rio de Janeiro desde 1993, mas vejo que nossos alunos estão cada vez mais apáticos em sala de aula. O desinteresse é imenso e o aprendizado fica pobre.

Ano passado (2013), percebi que meus alunos não estavam nada interessados em sala de aula, mas quando se falava em fazer alguma atividade na internet, tudo mudava. Pensando nisso, resolvi lançar mão das aulas invertidas.

Eu já usava um recurso educativo que era um blog, chamado Dicas de Ciências, onde meus alunos reviam a matéria, baixavam mais exercícios e tiravam dúvidas. Porém, vi que os meninos necessitavam de outros recursos. 

Então, criei cursos no Moodle, uma plataforma de aprendizagem a distância que é baseada em software livre. Nessa plataforma, eu fazia aulas que serviam de tarefa de casa. Cada aluno acessava (vale dizer que cada um tinha um perfil como nas redes sociais) e fazia a atividade. Essa tarefa consistia em vídeos, textos e exercícios. O conteúdo não havia sido dado em sala de aula. Era o primeiro contato deles com aquele tópico e eu acompanhava o desempenho de cada um online.

Diário de InovaçõesCrédito: Arquivo pessoal

Depois, em sala de aula, o que fazia era tirar as dúvidas. Eu já tinha uma amostra prévia do perfil dos alunos, e, portanto, sabia das dúvidas e dificuldades de cada um. Como um cirurgião, trabalhava na escola essas dificuldades. Em sala de aula, procurava sistematizar e aprofundar cada tópico trabalhado.

É claro que o interesse aumentou e os alunos se sentiram co-responsáveis pelo seu aprendizado. Eles mesmos propunham outras atividades dentro ou fora da sala de aula. A minha aula rompeu as paredes da escola. O desempenho aumentou, as aulas ficaram mais vivas e os meninos passaram a amar ciências e biologia.


Andréa Barreto

É professora de ciências e biologia desde 1993. Trabalhou no Colégio Don Quixote, de 2008 até 2013. Desde 1994, atua como professora da rede municipal de educação da cidade do Rio de Janeiro. Este ano fez parte da Equipe da Educopédia, plataforma livre de aulas digitais. Tem blogs educativos e acredita em uma nova escola, baseada em cooperação e interatividade.

7
Deixe um comentário

avatar
500
6 Comentários ao conteúdo
1 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
7 Autores
Jose MoranDiegoMaria do CarmoAndréa BarretoDiego Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Jose Moran
Visitante
Jose Moran

Parabéns, Professora Andréia, por buscar alternativas para motivar os alunos. A aula invertida é um caminho importante. É bom diversificar as dinâmicas para atrair mais os alunos. Abraços, Moran

Andréa Barreto
Visitante
Andréa Barreto

Obrigada, José Moran !
É uma honra receber seu comentário sobre a minha experiência.

Jose Moran
Visitante
Jose Moran

Parabéns, Professora Andréia, por buscar alternativas para motivar os alunos. A aula invertida é um caminho importante. É bom diversificar as dinâmicas para atrair mais os alunos. Abraços, Moran

Maria do Carmo
Visitante
Maria do Carmo

Parabéns Professora Andréia,

O desafio é o grande lance para o uso das TIC no processo pedagógico, sua busca para inovar supera esse desafio, consequentemente professor x aluno vivenciam processos de ensino aprendizagem mais prazerosos. Que tenhas grande sucesso com seus alunos nesse novo paradigma de ensinar e aprender.
[]s
Do Carmo

Maria do Carmo
Visitante
Maria do Carmo

Parabéns Professora Andréia,

O desafio é o grande lance para o uso das TIC no processo pedagógico, sua busca para inovar supera esse desafio, consequentemente professor x aluno vivenciam processos de ensino aprendizagem mais prazerosos. Que tenhas grande sucesso com seus alunos nesse novo paradigma de ensinar e aprender.
[]s
Do Carmo

Diego
Visitante
Diego

Ótimo exemplo de Flipped classroom! Parabéns!!

Diego
Visitante
Diego

Ótimo exemplo de Flipped classroom! Parabéns!!