Candidatos a deputado falam sobre propostas para a educação
People Images / iStok

Inovações em Educação

Radar Educação: Candidatos a deputado estadual explicam propostas no campo educacional

Série de entrevistas com candidatos do estado de São Paulo discute como cada um pretende lidar com a educação em seus mandatos.

por Ruam Oliveira ilustração relógio 21 de setembro de 2022

Em período eleitoral, é comum perceber algumas palavras-chave nos discursos dos candidatos. Educação é uma delas. Mas, para além das candidaturas maiores – como no caso deste ano para a presidência e governos dos Estados –, é sempre válido observar o que os possíveis deputados pensam sobre o assunto. 

Essa é a proposta do projeto Radar Educação, que entrevista 10 candidatos a deputado em São Paulo, que colocam a educação como uma de suas principais bandeiras. Apresentado pelo jornalista Caio Dib, todas as entrevistas estão disponíveis no YouTube. O projeto é realizado em parceria com a Cara Oyá.

Ouvir o que candidatos têm a dizer sobre o tema é uma maneira de se orientar em relação ao próprio voto. De acordo com pesquisa recente do Datafolha, 69% dos entrevistados ainda não sabiam em quem iriam votar para deputado estadual e federal. A maior taxa de indecisos está entre jovens de 16 a 24 anos. 

“Temos uma rede de educação com 5 milhões de estudantes e a atuação dos deputados é fundamental para garantirmos uma educação de qualidade e projetos que apoiem a solução dos desafios da educação paulistana. Mas temos pouco contato com esses nossos representantes”, contou Caio. 

Entrevista com o candidato Deroby Nhambiquara

Para a escolha dos entrevistados, aspectos de diversidade foram levados em consideração, explicou o apresentador. São indígenas, mulheres que moram no  centro e na periferia da capital, homens pretos, homens brancos e, em sua maioria, jovens. Isso porque, de acordo com Caio, a Assembleia Legislativa de São Paulo ainda possui poucos representantes com menos de 30 anos. 

“A gente escolheu partidos que já tem uma pauta forte de defesa da educação pública e que olham para essa valorização do professor”, disse. Já participaram das entrevistas: Marina Helou (Rede), Gabriel Belém (PSB), Jesus dos Santos – Mandato Popular (PCdoB), Budga Deroby (Rede), Abidan Henrique (PSB), Isabela Rahal (PSB) e Wagner Romão (PT). Ainda a serem entrevistados estão Mariana Moura (PCdoB), Keit Lima (PSOL) e Mayara Torres (PSB), que participarão nos dias 20/9, 22/9 e 26/9, respectivamente. 

Assuntos em comum

O apresentador conta que a maior parte das conversas têm mostrado alinhamento em relação, principalmente, ao combate às desigualdades sociais. Além de citarem questões de aprendizagem, os candidatos também reforçam outros aspectos como a questão da fome no Brasil, acesso às universidades e a equipamentos de cultura. 

A equidade na educação, por exemplo, foi um termo recorrente para muitos candidatos. Os futuros representantes, se eleitos, pretendem focar em pautas como valorização das culturas indígenas, quilombolas e periféricas. 

Para Caio, este exercício de entrevistar candidatos tem sido positivo porque, de seu ponto de vista, fala-se muito sobre candidaturas a cargos de maior expressão e quase nada sobre as de deputados estaduais ou até mesmo de vereadores. 

“Dentro da realidade do Brasil, a gente não entende muito o que faz [um deputado], não lembra em quem votou ou nem conhece o que que ele pode melhorar na nossa vida”, afirma Caio. 

Para ouvir as entrevistas, clique aqui.

O material também está disponível em áudio no Spotify


TAGS

eleições

Cadastre-se para receber notificações
Tipo de notificação
guest
0 Comentários
Comentários dentro do conteúdo
Ver todos comentários
0
É a sua vez de comentar!x
()
x
X