Saiu na Mídia

Como estudar em tempos de pandemia

por Redação ilustração relógio 23 de março de 2020

Universidades e escolas de diversos países, incluindo o Brasil, estão transferindo suas aulas para plataformas online. No entanto, educadores e pesquisadores brasileiros que fazem parte do grupo Ciências da Aprendizagem Brasil, uma iniciativa do Transformative Learning Technologies Lab da Universidade de Columbia (EUA), alertam que é ilusão pensar que será possível mover a escola para dentro de casa em um passe de mágica.

Entre outros tópicos, o artigo publicado por Paulo Blikstein (Universidade de Columbia), Fabio Campos (Universidade de Nova Iorque); Cassia Fernandez (Universidade de São Paulo), Fernando Carnaúba (Universidade de Columbia), Tatiana Hochgreb-Hägele (Universidade de Stanford), Lívia Macedo (Universidade de Columbia) e Raquel Coelho (Universidade de Stanford), destaca que no momento é necessário ajustar nossas expectativas e entender que qualquer solução será ineficiente.

Além de demonstrar como as Ciências da Aprendizagem tratam a questão, o artigo chama atenção para o desafio da equidade diante de um cenário em que os alunos com menos recursos têm menor acesso a internet e computadores em casa e dispõem de menor espaço físico para assistir às aulas virtuais.

O artigo ainda lista recomendações validadas por educadores e pesquisadores da área das Ciências da Aprendizagem para garantir que os alunos continuem aprendendo em meio ao isolamento físico, social e ao fechamento de escolas e universidades.


Leia a matéria original em Época

TAGS

coronavírus