Samsung abre inscrições para o Prêmio Respostas para o Amanhã 2019 - PORVIR
VIGE.co/Fotolia.com

Inovações em Educação

Samsung abre inscrições para o Prêmio Respostas para o Amanhã 2019

Iniciativa é voltada a professores e estudantes de ensino médio: saiba quem pode se inscrever, etapas, prazos e como é o caminho até a final

por Redação ilustração relógio 29 de março de 2019

Para conectar o aprendizado em sala de aula ao mundo real, o Prêmio Respostas para o Amanhã 2019 traz como maior novidade o foco em projetos na área de STEM (sigla em inglês para Ciência, Tecnologia, Engenharia e Matemática). Organizado pela Samsung, o prêmio é dedicado a estudantes de ensino médio da rede pública que, sob a orientação de professores, realizam à melhoria da vida de suas comunidades.

Desde 2014, ano da 1ª edição, o Prêmio Respostas para o Amanhã já envolveu 153 mil alunos, 10.200 professores, 4.128 escolas e 18.686 projetos em todo o Brasil. Segundo Isabel Costa, gerente de cidadania corporativa da Samsung Brasil, a decisão por explicitar em 2018 projetos na área de STEM, e não apenas sustentabilidade, como nas edições anteriores, tem a ver tanto com a motivação dos alunos quanto com a demanda da sociedade. “Como o projeto é voltado para alunos do ensino médio, os temas são de total interesse deles e ainda ajuda a marcar as possibilidades que estão sendo abertas no mercado de trabalho, que usa, cada vez mais, tecnologia e visões inovadoras conectadas aos diferentes campos que ela está inserida”, disse.

Leia mais:

Guia educação mão na massa do Porvir
STEM: o movimento, as críticas e o que está em jogo
Por que (e para quê) tantas metodologias
– Conheça certificações de tecnologia para professores, escolas e alunos

Quem pode se inscrever

É permitida a inscrição de professores de biologia, física, química e matemática ou outras disciplinas relacionadas às áreas das ciências da natureza e da matemática e suas tecnologias que lecionem no ensino médio, em escolas públicas das redes municipais, estaduais e federal. O professor que realizar a inscrição será o orientador do projeto. Uma outra novidade para 2019 foi a inclusão de docentes das áreas das ciências humanas e suas tecnologias e linguagens, códigos e suas tecnologias como possíveis professores parceiros do projeto.

Etapas e prazos

As inscrições para o programa acontecem até 17 de junho. A partir de então, 20 projetos serão selecionados para a fase seguinte e divulgados em 1º de agosto. Entre eles, 10 passarão à final e serão conhecidos em 28 de agosto. Em setembro, a avaliação da comissão julgadora definirá três vencedores nacionais, que serão anunciados no dia 30 do mesmo mês. A equipe que ficar no primeiro lugar será convidada a apresentar seu projeto na Etapa regional com os demais vencedores de países da América Latina.

Como foi em 2018

Em 2018, três escolas públicas brasileiras foram contempladas na 5ª edição do prêmio. Ao todo, foram homenageados sete professores e 82 estudantes. As três equipes foram selecionadas entre 1.128 projetos, de 561 municípios de todos os Estados do país, num total de 46.234 alunos participantes.

Apoio e organização

A iniciativa da Samsung é coordenada pelo CENPEC (Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária). O programa conta, ainda, com a parceria da Representação no Brasil da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO no Brasil), da Rede Latino-Americana pela Educação (Reduca) e da Organização dos Estados Ibero-americanos (OEI), além do apoio do Consed (Conselho Nacional de Secretários de Educação).


TAGS

aprendizagem baseada em projetos, ciências, competências para o século 21, ensino médio, prêmios, tecnologia

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação