Startup de educação vence Prêmio Empreendedor Social - PORVIR
Crédito WavebreakmediaMicro / Fotolia.com

Inovações em Educação

Startup de educação vence Prêmio Empreendedor Social

Entre os mais de 100 inscritos, Geekie é o destaque da 10a edição da iniciativa da Folha de S.Paulo e da Fundação Schwab

por Fernanda Kalena ilustração relógio 3 de dezembro de 2014

A Geekie, startup de desenvolvimento de tecnologias educacionais, foi anunciada na noite de ontem vencedora da 10a edição do Prêmio Empreendedor Social, realizado pela Folha de S.Paulo em parceria com a Fundação Schwab. Este ano, foram cerca de 100 projetos inscritos, das mais diferentes naturezas de negócios sociais. Entre os três finalistas, por exemplo, além da Geekie, estavam competindo o Ipam, uma ONG que desenvolve pesquisas na Amazônia e a Pró-Rim, que oferece tratamento a pessoas com problemas renais.

“Todos os finalistas são igualmente merecedores do prêmio. Mas o reconhecimento de um negócio de educação mostra a importância que esse tema tem e reconhece que as startups de educação, principalmente as de tecnologia para educação, tem um potencial enorme para dar escala às soluções”, afirma Cláudio Sassaki, um dos idealizadores da Geekie.

Segundo ele, a premiação serve de estímulo para outras startups da área seguirem em frente e não se desanimarem com os desafios existentes. “O empreendedor de educação tem um lado romântico, a causa normalmente é muito forte para ele. Mas a realidade é muito dura, é um desafio enorme, pois o setor é muito conservador, a tecnologia ainda é algo em evolução”.

Para gerar impacto nas redes públicas de ensino, Sassaki ressalta a dificuldade de fechar negócios com o governo como maior empecilho. “O processo é complicado, custoso e lento para uma startup, nesse modelo de empresa, tempo é tudo”, pondera.

E é dentro deste contexto que o empreendedor destaca a importância da premiação ter sido dada a um negócio de tecnologia educacional. “A percepção que a tecnologia pode impactar muitas pessoas em uma velocidade maior está ganhando força. É possível, através dela, ofertar uma educação de qualidade e personalizar os processos de aprendizagem não só para quem pode pagar por isso, mas para todo mundo”, completa.

Como vencedora a Geekie passa a integrar a Rede Folha de Empreendedorismo Socioambiental e a Rede Schwab de Empreendedores Sociais, o que possibilitará a participação em eventos internacionais, como o Fórum Econômico da América Latina, além receberem bolsas de estudos no exterior.


TAGS

empreendedorismo, geekie, negócios de impacto social, plataformas adaptativas, prêmios, tecnologia

1
Deixe um comentário

avatar
500
0 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
0 Autores
Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação