Universidade da China avança para se tornar líder em pesquisa científica - PORVIR

Saiu na Mídia

Universidade da China avança para se tornar líder em pesquisa científica

por Redação ilustração relógio 6 de dezembro de 2018

A Universidade de Tsinghua, na China, nasceu da humilhação nacional. Foi fundada após a Rebelião dos Boxers – movimento popular antiocidental e anticristão em 1900 – e paga com as reparações exigidas pela China aos Estados Unidos. Agora, Tsinghua é uma grande fonte de orgulho chinês, pois disputa elogios por pesquisas científicas na área conhecida como STEM (sigla em inglês para ciências, tecnologia, engenharia e matemática).

Em 2013-16, produziu mais de 1% dos artigos mais citados em matemática e computação, e mais dos 10% mais citados em STEM. São números que representam mais do que qualquer outra universidade no mundo, avalia Simon Marginson, da Universidade de Oxford, na Inglaterra. O MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) ainda lidera o top 1% dos papéis sobre STEM, mas Marginson diz que Tsinghua está no caminho certo para ser “o número um em cinco anos ou menos”.


Leia a matéria original em The Economist

TAGS

ensino superior, stem

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação