Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: Divulgação / Instituto Natura

Inovações em Educação

Ação reconhece escolas públicas que se destacam por boas práticas pedagógicas

Professores e gestores escolares podem fazer a inscrição de iniciativas que contemplam práticas inclusivas, de participação da comunidade ou de aprendizagem dialógica

por Redação 12 de setembro de 2017

Com a proposta de valorizar e disseminar boas práticas escolares, uma ação do Instituto Natura irá reconhecer o trabalho de escolas que se destacam por experiências inclusivas, de participação da comunidade ou de aprendizagem dialógica, que usam a interação e o diálogo para construir novos conhecimentos.

Até 29 de setembro, professores e gestores pedagógicos podem se inscrever para a “Ação de Reconhecimento: Escola de Qualidade Para Todos e Para Cada Um”, que destaca experiências realizadas em escolas municipais e estaduais de todos os segmentos da educação básica.

Em busca de iniciativas alinhadas aos conceitos do projeto Comunidade de Aprendizagem, que sensibiliza profissionais, alunos, famílias e comunidade do entorno para promover transformações na escola, a ação irá premiar os selecionados com a participação no Encontro Internacional de Comunidade de Aprendizagem, que acontece nos dias 23 e 24 de outubro, em São Paulo, e no curso de pós-graduação para Certificação de Formadores em Comunidade de Aprendizagem, que será realizado em 2018, em parceria com o Instituto Natura, a Universidade Federal de São Carlos (Ufscar) e a Universidade de Barcelona, na Espanha.

Além disso, as escolas dos vencedores serão contempladas com um encontro de formação e 30 volumes do livro “Aprendizagem Dialógica na Sociedade da Informação”, de Adriana Aubert, Ainhoa Flecha, Carme García, Ramón Flecha e Sandra Racionero. Para promover trocas de experiências entre as instituições, os selecionados ainda irão participar de um intercâmbio com o objetivo de conhecer o trabalho do outro ganhador.

Para participar da ação, professores e gestores escolares devem preencher um formulário pelo site do projeto contando, em até 30 linhas, sobre a ação desenvolvida. Mais informações estão disponíveis no regulamento.

TAGS

aprendizagem baseada em projetos, aprendizagem colaborativa, educação infantil, educação integral, engajamento familiar, ensino fundamental, ensino médio, inclusão