Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: Divulgação / Canal Futura

Blog

Assista ao 4º episódio de ‘Destino: Educação’, que mostra o Ørestad Gymnasium, na Dinamarca

Escola de ensino médio traz um modelo diferente para os três últimos anos dos alunos na escola: eles podem escolher qual linha de estudos querem seguir

por Redação 23 de setembro de 2016

A primeira vista, o que mais chama a atenção no Ørestad Gymanasium é sua arquitetura. A escola pública de ensino médio, que fica em Copenhague, capital da Dinamarca, mais parece uma empresa ultramoderna, é o tema do quarto episódio da série “Destino: Educação – Escolas Inovadoras”, realizada pelo canal Futura com consultoria do Porvir/Inspirare.

Entretanto, olhando com mais atenção, é possível perceber que as diferenças são bem mais profundas. Os 1.100 alunos dividem-se em três anos do ensino médio. Ao entrar na escola, os alunos cursam seis meses juntos, com as mesmas disciplinas. Depois desse tempo, cada um deve escolher qual linha de estudo deseja seguir. Ao todo, a instituição oferece 10 linhas aos estudantes.

Assista aos três primeiros episódios da série “Destino: Educação – Escolas Inovadoras”

Segundo o diretor do Ørestad Gymnasium, Allan Kjær Andersen, ¼ dos estudantes escolhem linhas de estudos relacionadas a ciências naturais. Em seguida, as opções mais escolhidas são linhas relacionadas a ciências humanas, ciências sociais e artes. Uma aluna da instituição, por exemplo, escolheu a linha de estudos sobre globalização por ter matérias que irão facilitar seu sonho de ser uma advogada e entrar na Universidade de Copenhague. O diretor destaca ainda que todos alunos precisam estudar disciplinas como matemática, dinamarquês e história. O que muda é a forma como esses conteúdos são ensinados.

Assista ao episódio abaixo:

TAGS

autonomia, ensino médio, escolas inovadoras, instituto inspirare, tecnologia