Bem-vindo (a) ao site do Porvir

Aqui, mapeamos, difundimos e promovemos a troca de práticas educacionais inovadoras

Boas inspirações!

Crédito: nakedcm / Fotolia.com

Inovações em Educação

Escolas brasileiras inovadoras podem concorrer em desafio internacional

Edumission vai selecionar 20 instituições para troca de experiências e desenvolvimento profissional, além de premiar o melhor projeto com passagens e ingressos para a feira BETT, em Londres

por Vinícius de Oliveira 13 de março de 2017

Escolas inovadoras em busca de atualização e de parceria com outras instituições ao redor do mundo têm até o dia 20 de março para concorrer a uma vaga no programa Edumission, que formará uma rede para troca de experiências entre educadores. Criada pela empresa de impacto social israelense Education Cities, a iniciativa pretende selecionar 20 escolas para 2017 e já fala em aumentar esse número nos próximos anos.

Visite o InnoveEdu: 96 experiências inovadoras em educação

A inscrição é a aberta a escolas do mundo todo e as precisam ser formadas por pelo menos três professores. Como critérios para a escolha, estão o comprometimento e a motivação, o potencial de escala para atrair novos professores e a criatividade para apresentar o projeto aos jurados e às demais escolas.

Um ponto importante: as instituições devem se responsabilizar pelo custeio das passagens aéreas para as visitas às demais escolas participantes. Além disso, também é necessário comprometimento para receber as delegações dos outros países. A Edumission fornecerá material criado por especialistas e apoio para desenvolvimento profissional durante todo o ano. Ao abrirem suas portas a outras instituições, as escolas e educadores também ganham a chance de fazer parte de uma rede e serem avaliadas por especialistas de outros cantos do mundo.

A escola vencedora será escolhida pelo voto popular e por um time de jurados formado por especialistas em educação, como o consultor britânico Ken Robinson, o professor indiano Sugata Mitra, o psicólogo americano Peter Gray, além de Yaacov Hecht, educador de Israel e especialista em escolas democráticas. Como prêmio, a instituição ganhará passagens aéreas e ingressos para a edição de 2018 da feira educacional BETT, em Londres, na Inglaterra.

A Edumission descreve assim os estágios do programa: 1) Inscrição dos programas pelas escolas; 2) Escolas selecionadas recebem orientação; 3) Equipes produzem um vídeo explicando como suas escolas atuam; 4) Educadores conhecem os projetos das demais escolas; 5) Equipes viajam para conhecer as experiências educacionais in loco; 6) A escola vencedora ganha passagens aéreas para BETT.

Após a entrega das inscrições até 20 de março, escolas selecionadas serão notificadas em 20 de abril. Confira mais informações no site da Edumission.

TAGS

ensino fundamental, ensino infantil, ensino médio, escolas inovadoras