A alimentação escolar no Brasil: uma linha do tempo - PORVIR

Saiu na Mídia

A alimentação escolar no Brasil: uma linha do tempo

por Redação ilustração relógio 16 de agosto de 2022

As primeiras discussões sobre alimentação escolar no Brasil foram levantadas na década de 1930, mas apenas em 1955 ela foi institucionalizada como programa público. Mais de 60 anos depois, é a política pública sobre alimentação e nutrição mais antiga vigente no país.

Além de combater a fome e conferir o direito a uma alimentação adequada, com diferentes gêneros alimentícios, o Pnae (Programa Nacional de Alimentação Escolar) articula em seus objetivos as áreas da saúde, educação e agricultura. Isso porque o programa contribui com o desenvolvimento rural, uma vez que os alimentos da merenda são adquiridos de produções locais, preferencialmente da agricultura familiar, priorizando as comunidades tradicionais indígenas e quilombolas. Mas isso nem sempre foi assim.

O Pnae é uma ferramenta de grande interesse social por promover a segurança e a soberania alimentar no Brasil. Compreender seu percurso histórico é fundamental para compreender disputas e permitir novas conquistas e avanços na alimentação dos estudantes. Na matéria original, você confere uma linha do tempo sobre a alimentação escolar, desde a década de 1930 até a pandemia de Covid-19.


Leia a matéria original em Nexo Jornal

Cadastre-se para receber notificações
Tipo de notificação
guest
0 Comentários
Comentários dentro do conteúdo
Ver todos comentários
0
É a sua vez de comentar!x
()
x
X