Começa, nesta quinta, festival de games independentes - PORVIR

Inovações em Educação

Começa, nesta quinta, festival de games independentes

BIG (Brazilian International Game Festival) inclui em sua programação debates sobre o uso de jogos na educação

por Vagner de Alencar ilustração relógio 22 de novembro de 2012

Especialistas garantem que os games ensinam a tomar decisões e resolver problemas, além de ajudar a desenvolver o raciocínio rápido e a manter o espírito estrategista. No entanto, alguns pais e educadores ainda não creem no potencial dos jogos para essas habilidades. Para trazer luz a esse e outros temas que envolvem o mundo dos jogos, começa hoje (22/11) e vai até o dia 2 de dezembro, o BIG (Brazilian International Game Festival), primeiro evento de games independentes do Brasil. O festival gratuito acontece no MIS (Museu da Imagem e Som), em São Paulo, e a entrada é gratuita.

O evento vai reunir alguns dos melhores games independentes do ano no Brasil e no exterior e na programação estão workshops de jogos de tabuleiro, palestras e fórum de negócios, sessão de cinema, premiações incluídas e também um desafio entre equipes de desenvolvedores que ficarão 24 horas isoladas para criar um jogo.

1º BIG (Brazilian Internation Game Festival)TheSupe87 / Fotolia.com

Os games na educação terão destaque no dia 27/11. Uma das palestras vai abordar a profissão na área de games. Para isso, jovens, a partir de 12 anos, vão receber dicas de profissionais e especialistas para quem pretende seguir na carreira. Eles vão descobrir quais são os cursos existentes no Brasil e no exterior, quais as carreiras que despontam no mercado internacional e brasileiro, além de como vive e trabalha um game designer. No mesmo dia também acontecem mais dois debates, direcionados aos pais e educadores, que vão abordar o uso dos games na infância e o uso dos jogos como ferramentas de apoio no aprendizado.

Um dos especialistas presentes no evento será Denio Di Lascio, coordenador do Centro de Inovação da Microsoft, no Centro Universitário Senac, em São Paulo, e também do curso de jogos digitais da mesma instituição. Apenas neste ano, o laboratório de inovação do Senac desenvolveu diversos games que têm sido até aplicados na própria grade curricular da faculdade, como Host – jogo que simula a gestão de hotéis e que passará a ser utilizado no curso de hotelaria. Outro jogo desenvolvido pelos universitários foi o SocialMob, um aplicativo que conecta voluntários a ONGs, que permite aos usuários encontrar organizações que precisam de ajuda – e vice-versa.

Ainda no festival, nos dias 1/12 e 2/12, crianças, de 6 aos 12 anos, poderão participar de oficinas de produção de tabuleiros. Eles vão aprender a construir uma arquitetura de games, estabelecer regras, limitações, espaço físico e definição de peças, participantes etc. Além disso, ao final do workshop, cada uma delas sairá com seu próprio jogo desenvolvido.

Durante o evento, também serão distribuídos troféus e prêmios, de até R$ 30 mil, para encorajar desenvolvedores de games independentes de qualidade para nove categorias como o melhor jogo, melhor revelação, melhor jogo voto popular, melhor jogo on-line entre outros. Os interessados podem acessar o site do evento http://www.bigfestival.com.br/ para ter acesso a todas as informações sobre inscrições, datas e horários das palestras, lista de finalistas, acesso e votação em alguns jogos disponibilizados on-line.


TAGS

empreendedorismo, jogos

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação