Coursera reúne cursos de quatro grandes universidades - PORVIR

Inovações em Educação

Coursera reúne cursos de quatro grandes universidades

Princeton, Michigan, Pennsylvania e Stanford se reuniram em um único site para oferecer aulas livres e gratuitas em várias áreas do conhecimento

por Patrícia Gomes ilustração relógio 3 de maio de 2012

Assim como Harvard e MIT, outras quatro universidades de ponta também anunciaram a criação de uma plataforma conjunta para oferta de cursos on-line. Princeton, Michigan, Pennsylvania e Stanford se reuniram no Coursera, site único que abriga conteúdo exclusivo, produzido por elas mesmas. Todas as aulas são livres, gratuitas e 100% on-line. Cumpridos os requisitos de notas e atividades, os estudante ainda recebem um certificado de conclusão.

Os cursos contarão com vídeos, enquetes e fóruns colaborativos em várias disciplinas, inclusive administração, medicina, ciências sociais, literatura, matemática e ciência da computação, entre outros. Sete cursos de Stanford, de Berkeley e de Michigan já estão funcionando e outros 30 serão abertos até o início do próximo semestre – os da plataforma de Harvard e MIT começam em setembro (leia mais aqui).

“A plataforma Coursera possibilita que nossa faculdade explore novas formas de ensino e melhore o aprendizado em sala. Permite também que os professores proporcionem oportunidades educativas excepcionais, disponíveis bem além dos limites do campus”, diz Shirley Tilghman, presidente de Princeton.

O alcance dos cursos, que podem ter centenas de milhares de inscritos, tem atraído a atenção dos professores. Eles veem na plataforma uma maneira de chegar a alunos de todas as partes do mundo. “Os membros da nossa universidade estão ansiosos para dividir seus conhecimentos globalmente e nossos estudantes também estão empolgados para experimentar essa nova abordagem do aprendizado”, diz Mary Sue Coleman, presidente da Universidade de Michigan.

O Coursera foi fundado em 2011 como uma iniciativa de Stanford e chegou a ter, nos cursos que já ofereceu, mais de 300 mil alunos de 172 países diferentes. O anúncio da utilização conjunta dessas quatro grandes instituições reforça uma onda crescente de universidades de peso que estão apostando na educação on-line. No mês passado, o ex-presidente de Harvard Larry Summers anunciou que participa do Projeto Minerva, universidade on-line que pretende se equiparar às melhores instituições de ensino superior do mundo.


TAGS

educação online, videoaulas

3
Deixe um comentário

avatar
500
3 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
3 Autores
Maria Liduina Vasconcelos de BritofabioPaulo Eromar Bersch Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Paulo Eromar Bersch
Visitante
Paulo Eromar Bersch

Fantástico…Universidades e Professores tão conceituados peocupados e dividir conhecimento. Sou médico e tenho um filho que faz medicina. Vou o aconselhar a buscar possibilidades de complementar seus estudos e eu ver a possibilidade de estudar Literatura.
Parabéns.

fabio
Visitante
fabio

oi tudo bom hahah

Maria Liduina Vasconcelos de Brito
Visitante
Maria Liduina Vasconcelos de Brito

Gostaria de fazer um curso de Infomática Educativa

X