Curso online ensina a planejar aulas para adultos - PORVIR
Crédito: Sergey Nivens/fotolia.com

Inovações em Educação

Curso online ensina a planejar aulas para adultos

Formação Design de Aulas, que se inicia em 12 março, intercalará lições teóricas e práticas pela internet. Inscrições estão abertas

por Bruno Jacob ilustração relógio 2 de março de 2015

A partir do dia 12 de março, educadores terão a oportunidade de repensar seus formatos de ensino no curso online Design de Aulas. A formação para quem ministra aulas para adultos é promovida pelo Clinton Center For Teaching and Learning, e ocorrerá durante dois meses e meio, todas as quintas-feiras, das 19h às 22h.

Criado por Thiago de Carvalho, gerente no Brasil da Clinton Education e diretor do centro que leva o mesmo nome, o curso atende a uma demanda que ele mesmo sentiu: a dificuldade de se profissionalizar como professor de adultos. “Percebi que a oferta é restrita, rara. Para quem está fora do ensino superior, é mais difícil ainda encontrar programas de capacitação de professores, já que a maioria das escolas só fala em pesquisa”, afirmou. Por isso, decidiu buscar essa capacitação no exterior e realizou, nos últimos dois anos, o mestrado em educação e ensino de negócios na New York University, período em que passou a desenhar programas de formação que não existiam no mercado brasileiro.

No programa Design de Aulas, os professores refletirão sobre uma gama variada de conceitos, como aprender a olhar para cada aluno individualmente. “O contexto de um aluna solteira de 22 anos é diferente de um aluno de 36 que acabou de ser pai de gêmeos. A sutileza de entender que mesmo alunos parecidos na verdade são diferentes é algo que leva tempo, mas com o curso esperamos apoiar educadores nesse processo”, explica Carvalho. Para isso, além dele, foram convidados Liao Yu Chieh, professor do Insper, e Diogo Casanova, especialista português em transição de cursos offline para online que leciona em Kingston, Reino Unido.

Sobre a dinâmica, o criador do curso explica que aulas teóricas e práticas serão intercaladas, sempre inserindo cada aluno no contexto. “Enquanto em uma aula eu apresento questões, na seguinte um professor apresenta como ele faz na prática. Do lado dos participantes, eles irão trabalhar considerando suas instituições de ensino ou locais onde gostariam de ministrar cursos”. Além disso, sair do papel de professor e voltar ao outro lado do processo também fará diferença, na opinião de Carvalho.

Para participar do curso, os interessados deverão passar por um processo seletivo que analisará o currículo dos candidatos. Se for necessário, também haverá uma entrevista online ou presencial. A seleção acontece pois existe um número médio de participantes por turma – 18 a 20 -, e porque educadores interessados em educação superior ou continuada têm preferência. Grupos de professores de uma mesma instituição terão desconto.

Maiores informações e orientações para se inscrever estão no site do curso.


TAGS

cursos, tecnologia

2
Deixe um comentário

avatar
500
2 Comentários ao conteúdo
0 Respostas a comentários
0 Seguidores
 
Comentário com mais reações
Comentário em alta
2 Autores
Sandra Gonzalez HidalgoSandra Gonzalez Hidalgo Quem acabou de comentar
  Acompanhar a discussão  
Mais recentes Mais antigos Mais votados
Tipo de notificação
Sandra Gonzalez Hidalgo
Visitante
Sandra Gonzalez Hidalgo

Eu sou professora do Curso Tecnologica Superior de Redes e Software, Tecnicatura em Logisitica, Tecnicatura em Turismo e Texnicatura em Meio-Ambiente.
Desejo seguir aprendendo e acrescendando a minha formaçao, para desenlvolver y oferecer boas aulas de qualidade e motivadas para o aluno.

Sandra Gonzalez Hidalgo
Visitante
Sandra Gonzalez Hidalgo

Eu sou professora do Curso Tecnologica Superior de Redes e Software, Tecnicatura em Logisitica, Tecnicatura em Turismo e Texnicatura em Meio-Ambiente.
Desejo seguir aprendendo e acrescendando a minha formaçao, para desenlvolver y oferecer boas aulas de qualidade e motivadas para o aluno.