Educação na cidade de São Paulo: Propostas para garantia da equidade - PORVIR

Blog

Educação na cidade de São Paulo: Propostas para garantia da equidade

por Redação ilustração relógio 20 de março de 2013

O que disse o Prefeito:

“Vamos adotar a lógica de acolhimento, sobretudo das crianças mais vulneráveis, de escolas com Ideb baixo.”

“Vamos atender 100 mil crianças com o programa Mais Educação, subordinando os equipamentos públicos à lógica da cidade educadora”.

crédito Fernando Sandoval | Porvir

Série de Diálogos com o Prefeito Fernando Haddad e o Secretário de Educação César Callegari

Propostas dos Participantes:

“São Paulo é uma cidade com muitas realidades, nós não podemos pensar em uma política única para todas as escolas. É preciso pensar em propostas diferentes, específicas para territórios diferentes.”
Anna Helena Altenfelder
CENPEC

“São Paulo tem desigualdades enormes , que afetam as populações mais vulneráveis da cidade. O maior desafio é reduzir as desigualdades no acesso, na frequência e na aprendizagem dessas crianças e adolescentes.”
Salete Silva
UNICEF

“É fundamental que essa administração foque nos territórios de alta vulnerabilidade social, onde estão em torno de 20% das crianças. Se a gente não enfrentar essa questão, não vamos dar esse salto de qualidade.”
Maria Alice Setúbal
Fundação Tide Setúbal/CENPEC

“Ter uma agenda voltada para a redução da desigualdade com foco nos territórios. Entender que a educação pode articular, de forma intersetorial, saúde, cultura, esporte, assistência social, o mundo do trabalho e, sobretudo, os familiares como pêndulos no território, me parece que garante uma possibilidade de reduzir desigualdade de forma sustentável.”
Ricardo Henriques
Instituto Unibanco


“É fundamental pensar na relação da escola com a cidade. Estamos em uma cidade que é muito viva culturalmente, mas com certeza uma das mais desiguais e com alto grau de injustiça. É preciso acabar, na educação, com esse fosso entre periferia e centro.”
Maria do Pilar Lacerda
Fundação SM 

 

“É pensar a cidade como um grande território educativo e articular todos esses recursos disponíveis aos projetos das escolas e ao cotidiano dos alunos da rede municipal de educação.”
Natacha Costa
Associação Cidade-Escola Aprendiz 

“A gestão anterior teve um investimento importante na educação inclusiva e criou um programa chamado “Inclui”. Seria bastante importante que a gente tivesse condições de buscar sinergias e aproveitar aquilo de bom que esse programa já desenvolveu para que toda criança com deficiência possa acessar qualquer escola com qualidade, convivendo com os demais estudantes.”
Rodrigo Mendes
Instituto Rodrigo Mendes

“Eu gostaria de ver o município de São Paulo mostrar, não só para o Brasil, senão para o resto do mundo, como uma cidade tão grande, tão complexa, pode aumentar o acesso e a qualidade e diminuir as desigualdades dentro do sistema educativo.”
Gary Stahl
UNICEF


TAGS

educação integral, série de diálogos

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação