Escolas com mais nacionalidades se adaptam às diferentes culturas dos alunos - PORVIR

Saiu na Mídia

Escolas com mais nacionalidades se adaptam às diferentes culturas dos alunos

por Redação ilustração relógio 19 de abril de 2016

O Centro de Educação Infantil e Primária Padre Coloma, localizado no distrito de San Blas, em Madri, é o que tem maior diversidade de nacionalidades da região. O que poderia ser um desafio, é, na opinião diretora Carmen Pascual, um facilitador. “Com alunos de tantas nacionalidades, não temos muito conflito. Os pequenos vivem a multiculturalidade como algo natural”.

Os 260 alunos contribuem para compor o time de 30 nacionalidades diferentes. Esse cenário, segundo a reportagem de El País, deve-se a chegada de muitas famílias a Espanha em busca de trabalho. Sendo assim, as crianças compartilham seus relatos, suas esperanças e alegrias, e isso vai se potencializando na aula.

A opinião de Carmen é compartilhada por Ángel Serrano, diretor do Centro de Formação Padre Piquer, localizado no bairro La Ventilla. Assim como San Blas, a região recebe pessoas de fora da Espanha. Segundo Serrano, as diferentes nacionalidades estão longe de serem um problema.

Apesar disso, ambos concordam que o idioma é um problema a ser driblado. Serrano defende que não se trata, por exemplo, de corrigir o sotaque dos alunos da América Latina. “Eles vão continuar tendo o sotaque porque vivem com suas famílias, mas se os alunos não sabem como se pronuncia uma palavra, é mais difícil saber como se escreve”.


Leia a matéria original em El País

TAGS

diversidade

Deixe um comentário

avatar
500
  Acompanhar a discussão  
Tipo de notificação